PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Receita Federal restitui R$ 28,16 mi na região

Campos Gerais

22 de junho de 2021 19:28

Fernando Rogala


Relacionadas

Palmeira debate ações do projeto 'Beco e Boulevard'

PF desmantela grupo criminoso nos Campos Gerais

Porto Amazonas incentiva a qualificação profissional

Ipiranga adquire veículo para a área de assistência social
Fadel autoriza obras com investimento de R$ 1,5 mi em Castro
Sanepar destaca realização de projetos em Piraí do Sul
Ortigueira realiza avaliação com alunos da rede municipal
Consulta será disponível nesta quarta-feira. Depósito em conta ocorrerá no dia 30 Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

São contemplados contribuintes prioritários e os não prioritários que enviaram a declaração até o  dia 20 de março 


A Receita Federal libera, a partir das 10 horas desta quarta-feira (23), a consulta ao segundo lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física referente a 2021, e lote residual de anos anteriores. No Brasil, serão disponibilizados R$ 6 bilhões, dos quais, R$ 28,16 milhões serão liberados para um total de 27.676 contribuintes da região abrangida pela delegacia regional da Receita Federal em Ponta Grossa. O valor será disponibilizado em conta corrente na próxima quarta-feira, dia 30 de junho.

A maior parte deste valor se refere ao exercício de 2021, um total de R$ 27.167.779,08 que será pago para 26.662 contribuintes – o restante se refere a restituições pagas dos exercícios de 2014 a 2020. Quanto ao exercício de 2021, neste lote serão contemplados contribuintes do grupo prioritário e também contribuintes ‘regulares’. De acordo com o delegado da Receita Federal do Brasil em Ponta Grossa, Demetrius Soares, 30% desse lote será pago às pessoas do grupo prioritário (que inclui pessoas cuja fonte de renda preponderante é magistério, pessoas com mais de 60 anos, e quem informou possuir doença grave ou deficiência física ou mental). Já entre as pessoas ‘não prioritárias’, serão contemplados com a restituição os contribuintes que enviaram a declaração ou a retificadora até o dia 20 de março. 

Quem enviou sua declaração até este dia, mas não tiver o nome entre os contemplados, deverá entrar no site da Receita Federal e consultar o extrato da restituição, porque, explica o delegado, deve haver alguma inconsistência no preenchimento dos dados. Quem enviou depois do dia 20 de março será contemplado nos próximos lotes. “Tem mais três lotes regulares esse ano. Em relação à declaração de 2021, todos contribuintes cujas declarações não tenham apresentado pendência, e que apuraram imposto a restituir na declaração, vão receber a restituição até o último dia útil de setembro, porque são cinco lotes”, explica Soares.


Valor liberado no  Estado do Paraná será de R$ 287,5 mi

No Estado do Paraná serão creditados R$ 287.511.793,86, que serão pagos a 239.763 contribuintes. Deste total, R$ 274.587.589,04, serão pagos a 230.849 paranaenses que receberão a restituição do Imposto de Renda, referente ao exercício 2021, ano base 2020.  O restante são restituições de exercícios anteriores (R$ 12.924.204,82 para 8.914 contribuintes). Já no Brasil os R$ 6 bilhões serão pagos a 4.222.986 contribuintes. Desse total, R$ 2.327.976.391,49 referem-se ao quantitativo de contribuintes que têm prioridade legal; além de serem contemplados 2.906.310 contribuintes não prioritários.

PUBLICIDADE

Recomendados