PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Homem que organizou festas na região é multado em R$ 300 mil

Campos Gerais

28 de julho de 2021 18:53

Da Redação


Relacionadas

Prudentópolis busca valorizar produção de mel e cracóvia

Tarifa de ônibus em Telêmaco terá reajuste a partir de outubro

Jaguariaíva organiza evento para a retomada do turismo

Chefias regionais participam de reunião em Tibagi
Imbaú se organiza para receber órgão da Defesa Civil
Castro recebe R$ 1,1 milhão para construir novo CMEI
PM recupera seis motos e um carro durante ação em Sengés
Eventos clandestinos reuniram centenas de pessoas. Ação civil pública foi formulada pelo MPPR Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Eventos clandestinos reuniram centenas de pessoas. Ação civil pública foi formulada pelo MPPR

Atendendo a pedido formulado em ação civil pública pelo Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Justiça de Imbituva, no Sudeste do estado, o Juízo da Vara Cível da comarca concedeu medida liminar contra o responsável pela organização de diversas festas clandestinas na cidade. Tais festas (pelo menos quatro) envolveram a participação de centenas de pessoas – em uma delas, mais de 300 –, por vezes exigindo a intervenção da Polícia Militar para conter as aglomerações.

Na ação, o MPPR alega que os eventos contrariaram os decretos municipais de prevenção e combate à atual pandemia de coronavírus, que proíbem esse tipo de aglomeração, aumentando o risco de propagação do vírus na cidade. A decisão judicial estabeleceu multa de R$ 15 mil por ato de descumprimento das normas de distanciamento social vigentes, além da possível responsabilização criminal do homem que promoveu os eventos. O Ministério Público requer que, ao final do processo, o responsável pelas festas seja condenado ao pagamento de R$ 300 mil a título de indenização por danos morais coletivos.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados