PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Campanha de Natal fomenta a economia em Telêmaco Borba

Campos Gerais

14 de outubro de 2021 16:20

Da Redação


Relacionadas

Apicultor é executado a tiros na BR-153 em Tibagi

Casos de raiva bovina são registrados em Palmeira

Empresários da região analisam concessão do Canyon Guartelá

Sengés conclui investimento de R$ 1,5 milhão em infraestrutura
Imbaú analisa qualidade da água em comunidades rurais
Telêmaco se destaca no índice de vacinação contra a covid
São João do Triunfo projeta usina de energia solar
Ação que terá início em novembro vai sortear 25 vales-compra que totalizam R$ 70 mil Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Ação que terá início em novembro vai sortear 25 vales-compra que totalizam R$ 70 mil

A Associação Comercial e Empresarial de Telêmaco Borba (Acitel) lançou a campanha ‘Natal de Esperança’, que vai sortear 25 vales-compra que resultam em um total de R$ 70 mil. Os contemplados poderão utilizar o valor dos prêmios nas lojas participantes da ação. O objetivo da proposta é estimular o consumo de produtos e serviços locais.

Podem aderir à campanha empresas do comércio em geral, assim como prestadores de serviços associados à Acitel. “Com a pandemia, toda a cadeia produtiva sofreu as consequências do isolamento. Este foi um dos motivos que levou a associação a desenvolver uma campanha que visa estimular o consumo tanto no comércio quanto na prestação de serviço”, explica a assistente comercial da Acitel, Flávia Alves da Silva. 

Segundo ela, quanto mais diversificado for o ramo das empresas participantes, mais opções de consumo terão os premiados. “São mais de R$ 70 mil em prêmios. Se o contemplado com R$ 50 mil quiser fazer um implante dentário, investir em joias, reformar a casa, comprar produtos para seu pet, fazer compras em supermercados ou em lojas de confecções e calçados, adquirir móveis planejados, ele vai optar conforme sua necessidade. Por isso, a importância dos empresários locais, associados da Acitel, participarem da campanha. É um ganho para todos”, frisa Flávia. 

As empresas que aderirem à Campanha “Natal de Esperança” estarão identificadas com banners. A cada R$ 60 em compras dá direito a um cupom com um código QR Code, que precisa ser cadastrado pelo cliente no site da Acitel. Caso contrário, não é validada a participação nos sorteios. 

“Nos anos anteriores recebíamos em torno de 500 mil cupons preenchidos manualmente. Agora, é preciso estar atento para se cadastrar para concorrer. Quem tiver dúvidas pode procurar o auxílio junto aos estagiários da Acitel”, explica a assistente comercial. 

Ao todo, serão 25 vales-compra, sendo um de R$ 50 mil, um de R$ 5 mil, um de R$ 1 mil, além de 10 vales-compra de R$ 500 e 12 de R$ 300. A campanha inicia oficialmente no dia 1º de novembro e segue até às 23h59 do dia 29 dezembro de 2021. O empresário interessado em participar da iniciativa pode entrar em contato com a Associação através do WhatsApp (42) 9.9137-2122. 

Os sorteios serão realizados no dia 30 de dezembro, às 15 horas, no Salão Nobre da Acitel, e serão transmitidos pelas redes sociais da Associação. Posteriormente também haverá sorteios de 25 prêmios entre os colaboradores das lojas contempladas. “É uma forma de valorizar os profissionais que trabalharam motivados a incrementar as vendas”, diz.

O empresário Dirceu Pereira da Silva Júnior, sócio proprietário de uma loja de materiais de construção, conta que aderiu ao novo modelo de campanha em função dos vales-compra que serão sorteados, o que possibilita que muitos clientes sejam contemplados. A expectativa de vendas para o período é positiva, segundo ele, em função da injeção do 13º salário na economia local. “Muita gente aproveita o período de final de ano para reformar ou construir. Estamos otimistas”, diz. 

Quem também não ficou de fora foi a prestadora de serviço Vanessa Garcia Spinardi, sócia proprietária de uma Autoescola na cidade. “O intuito da Campanha é atrair a clientela, já que o valor dos vales-compra é alto e muita gente pode ganhar. Para o comércio e prestadores de serviços o ganho é a volta do dinheiro para a economia local”, considera. Há 10 anos atuando em Telêmaco Borba, a empresária acredita que a adesão de novos alunos na reta final de 2021 deve ser igual ao mesmo período do ano passado.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados