PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Comitê ‘Avança Campos Gerais’ busca ampliar desenvolvimento

Campos Gerais

20 de outubro de 2021 00:05

Da Redação


Relacionadas

Colisão deixa dois mortos e cinco feridos na BR-153

Vapza lança produtos inspirados nos Super-Heróis da Marvel

Pedágio deixa de ser cobrado neste domingo na região

Semana Cultural de Tibagi termina neste domingo
Telêmaco anuncia chegada de R$ 2 milhões para a saúde
Palmeira projeta iniciativas em prol da causa animal
Ortigueira investe R$ 2,5 milhões em iluminação pública
Formado por 10 municípios da região, o grupo atuará na promoção e incentivo à integração das lideranças na busca de soluções Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Formado por 10 municípios da região, o grupo atuará na promoção e incentivo à integração das lideranças na busca de soluções

O Comitê Territorial ‘Avança Campos Gerais’ foi institucionalizado nesta terça-feira (19),na sede da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (Acipg). O grupo é formado por representantes do poder púbico, instituições de ensino, sociedade civil e empresários. Na ocasião foi apresentado o plano de ação e planejamento com foco em quatro eixos: acesso ao mercado, inovação e tecnologia, educação empreendedora e associativismo.

O gerente da regional Centro do Sebrae/PR em Ponta Grossa, Joel Franzim Junior, destacou a relevância da institucionalização do Comitê. “É um momento importante para a região dos Campos Gerais, com o envolvimento do poder público, associações, sindicatos, entidades e instituições de ensino. São diversos parceiros construindo alicerces duradouros, olhando para o desenvolvimento em comum”, frisou.

Formado pelos municípios de Ipiranga, Porto Amazonas, São João do Triunfo, Palmeira, Ponta Grossa, Carambeí, Castro, Piraí do Sul, Jaguariaíva e Sengés, o Comitê vai atuar na promoção e incentivo à integração das lideranças da região na busca de soluções para o desenvolvimento.

Para a presidente do Comitê 'Avança Campos Gerais', Giorgia Enrietti Bin Bochenek, é preciso ser ativo, criativo e competente para mudar a realidade regional. “Temos que fazer as coisas acontecerem, pensarmos no que queremos para a região e agirmos de forma coletiva”, destacou Giorgia.

Presidente da Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG), prefeito de Castro Moacyr Fadel Filho, destacou a importância da institucionalização do Comitê em uma região tão privilegiada pelo seu potencial. “Temos esse privilégio, e o privilégio ainda maior de estarmos à frente destes municípios”, avalia. Sobre a participação da AMCG junto ao Comitê, Fadel garantiu: “seremos o combustível para mover esse motor”. A AMCG acompanha os trabalhos do “Avança Campos Gerais” desde o início de seus trabalhos em 2018, e desde então vem estimulando a participação do poder público no processo. “Unidos contamos com a força e a capacidade de mudança”, aponta a prefeita de Ponta Grossa, Elizabeth Schmidt, destacando a Coletividade Regional.

Para o gerente regional do Sebrae, a institucionalização do Comitê representa um momento importantíssimo para a região. “Temos que olhar para o futuro, construir alicerces duradouros. Nossa região é muito desenvolvida, mas não podemos parar no tempo. Com pessoas unidas olhando para um objetivo em comum vamos rumo ao desenvolvimento sustentável”, garante.

Outro parceiro na construção do Comitê, a Associação Comercial e Industrial de Ponta Grossa (ACIPG) marcou presença no evento. O presidente Douglas Taques Fonseca avalia as parcerias como essenciais neste novo processo de construção por uma região mais forte. A ACIPG ainda faz parte de um dos eixos do “Avança Campos Gerais”, o associativismo. “Queremos promover um território Campos Gerais cada vez melhor para todos”, exulta.

Consultor credenciado do Sebrae, Adilson Santos, destacou a natureza do Comitê Territorial Avança Campos Gerais. “Ele é suprapartidário e autônomo. Um ente que busca esforços para gerar pertencimento da população. Temos que migrar de um olhar restrito para desenvolver senso territorial”, explica. Para Santos, o que poderia acontecer de maneira espontânea na região já aconteceu. “Não podemos nos acomodar. Nossas ações serão conscientes com propósito de um desenvolvimento sustentável, para melhoria da qualidade de vida das pessoas”, acrescenta.


Eixos

A princípio o “Avança Campos Gerais” atuará em torno de quatro eixos, sendo acesso a mercados e compras públicas; educação empreendedora; inovação e associativismo. Conforme a coordenadora da educação empreendedora e professora da Universidade Estadual de Ponta Grossa, Gislaine Babinski, este eixo deve manter um elo das ações de toda a microrregião. “Queremos gerar conexão com constância e continuidade de propósitos”, antecipa.

Coordenadora da “Inovação”, a docente da Faculdade Cescage, Jaqueline Fonseca Rodrigues comentou que um dos objetivos do grupo é a desmistificação da inovação. “Sabemos que há diversos níveis de maturidade quanto ao assunto. Vamos obter embasamento conforme os níveis para proporcionar melhorias”, prevê.

Já o coordenador do eixo acesso a mercados, o secretário Municipal de Agricultura de Ponta Grossa, Bruno Costa destacou as compras governamentais como um dos focos. “Vamos mapear os fornecedores locais, a fim de girar mais dinheiro em nossa região e dar oportunidade para produtores rurais”, comenta, citando ainda a conexão entre demanda e oferta.

O eixo Associativismo ficou com a coordenação do gerente institucional da ACIPG, Gilmar Denck. “O associativismo tem a função de somar para fortalecer. A máxima é que juntos somos mais fortes”, finaliza.

PUBLICIDADE

Recomendados