PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Jaguariaíva projeta capacitação para retomada do turismo

Campos Gerais

21 de outubro de 2021 16:52

Da Redação


Relacionadas

Conheça a história do bispo que inspirou Papai Noel

Empreendedores de Palmeira terão créditos com juro zero

Ação rápida de policiais salva vítimas de acidente

Noite histórica marca os 70 anos da Castrolanda
Telêmaco se organiza para receber etapa da Transparaná
Ventania recebe novo aparelho para auxiliar o setor de saúde
Tibagi divulga cronograma de eventos para o fim de ano
Prefeitura garante incentivo e suporte para a produção e comércio de artesanatos Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Prefeitura garante incentivo e suporte para a produção e comércio de artesanatos

A prefeita de Jaguariaíva, Alcione Lemos (DEM), juntamente com a equipe da Secretaria Municipal de Turismo e Meio Ambiente (SETMA), esteve reunida nesta terça-feira (19) com um grupo de cerca de 20 artesãos do município. O tema do encontro foi o papel dos artistas na retomada do turismo e a disponibilização de um espaço para a exposição e comercialização das artes.

A chefe do Executivo salientou que a pauta faz parte de sua proposta de governo e já é um projeto em andamento em sua gestão. “Estamos trabalhando para que o turismo se torne uma atividade rentável no município, que promova desenvolvimento econômico e distribuição justa e social dos benefícios”, destacou Alcione. “O intuito desse trabalho com os artesãos é imprimir nos produtos a identidade de Jaguariaíva, criar uma marca, oportunizando ao turista a aquisição de souvenirs que remetem ao patrimônio natural e cultural da cidade”, afirmou.

Ainda durante a fala, Alcione anunciou que nesta semana foram homologados os pedidos de pavimentação dos bairros Jangai e Bonsucesso. A ação prevê um investimento de aproximadamente R$ 900 mil, já liberados pelo Governo do Estado, com contrapartida do município. A pavimentação de dois núcleos nos bairros rurais faz parte do projeto municipal ‘Caminhos do Sertão’.

A secretária Sandra Negrini ressaltou que os artesãos, assim como a rede hoteleira, gastronômica, operadores de turismo, e comércio em geral são parte do movimento de retomada sustentável e organizada. “O turismo melhora a qualidade de vida dos moradores, traz projeção para o município inclusive para receber novos investimentos tanto públicos quanto privados”, reforçou.

A reunião foi realizada na Casa da Cultura Prof. Dr. João Batista da Cruz, onde a secretária da pasta de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (SMECEL), Erla Mello, frisou a importância do local recém revitalizado para a construção da identidade cultural do município. Na oportunidade, foi apresentada a costura de uma parceria com o Sebrae para a capacitação dos artesãos, enquanto empreendedores, melhorando questões como estratégia de vendas, e-commerce, facilidades de pagamento para o cliente e apresentação de produtos.

O diretor de Turismo, Rafael Pomim, falou sobre a cadeia produtiva do turismo e citou como exemplo outras cidades já consolidadas como polos turísticos. O espaço coletivo disponibilizado aos artesãos será na Estação Cidadã Durvalino de Azevedo, onde os produtos terão a visibilidade do público.

De acordo com o diretor de Patrimônio Imóvel, o advogado Alan Miranda, os artesãos que pretendem ter acesso aos locais devem estar cadastrados em uma associação e também junto à secretaria responsável. O diretor de Cultura da SMECEL, Vinicius Schadner, apresentou a possibilidade de cadastramento dos artistas para receber recursos da Lei Aldir Blanc, na qual o município já está cadastrado. Estiveram presentes cerca de 20 artesãos, incluindo representantes da Associação Gente Valente e Aciaja.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados