PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Investimento da Klabin no Puma II alcança R$ 7,1 bi

Campos Gerais

27 de outubro de 2021 18:40

Fernando Rogala


Relacionadas

Palmeira investe R$ 600 mil em ESF com apoio do governo

Hospital de Cândido de Abreu recebe licença sanitária

Jovem de 17 anos morre após colidir motocicleta contra poste

Sanepar investe R$ 23 milhões em Telêmaco Borba
Castro inicia programação de Natal nesta sexta-feira
Coral do Instituto Vida fará apresentação em Carambeí
Azul amplia voos no Paraná; veja os novos destinos
Máquina de Papel 27, já em funcionamento no complexo fabril, produzirá o Eukaliner Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Aporte previsto pelos próximos 21 meses será de aproximadamente R$ 5,8 bilhões na segunda Máquina de Papel em Ortigueira


A Klabin iniciou, na região dos Campos Gerais, no último dia 30 de agosto, a produção na primeira máquina instalada no Projeto Puma 2, a Máquina de Papel 27 (MP27). Porém, os investimentos não pararam no complexo fabril de Ortigueira, muito pelo contrário: as obras seguem para a construção instalação da segunda máquina (MP28), que deverá começar a operar, segundo informou a Companhia, em menos de dois anos, no segundo trimestre de 2023. O investimento total no complexo fabril, onde já está operando a Unidade Puma 1, já está na casa dos R$ 7,1 bilhões. Ao final desse processo, o aporte total previsto para a execução das duas fases do Projeto Puma 2 é de R$ 12,9 bilhões.

Com o ‘start-up’ da MP27, a empresa deu início à produção do Eukaliner, primeiro papel kraftliner do mundo feito exclusivamente com fibras de eucalipto. Com este, que é o maior investimento da história da Companhia, a Klabin terá capacidade produtiva de 450 mil toneladas por ano de Eukaliner. Contudo, com o início recente das operações, a produção de Eukaliner neste terceiro trimestre (que se concentrou basicamente no decorrer de setembro) totalizou 17 mil toneladas.

Somente neste terceiro trimestre, o valor investido pela Companhia no Projeto Puma foi de 623 milhões. Somados com o valor de quase R$ 1,2 bilhão aplicado no primeiro semestre, a Klabin aportou R$ 1,82 bilhão em Ortigueira em 2021. Em 2019, quando a Klabin iniciou os investimentos no Projeto Puma II, R$ 1,27 bilhão foi investido, ao passo que em 2020, foram aplicados R$ 4,04 bilhões. 

A companhia destacou que, em paralelo ao início da MP27, as obras para construção da segunda máquina de papel (MP28) do Projeto Puma II foram iniciadas e estão em plena execução. Com capacidade produtiva de 460 mil toneladas de papel-cartão por ano, a MP28 tem seu ‘start-up’ previsto para o segundo trimestre de 2023, dando sequência aos planos contínuos de expansão da Klabin.


Lucro cresceu no trimestre

No período que a Klabin iniciou as operações da Máquina de Papel 27, a empresa registrou crescimento de 56% no EBITDA ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) do terceiro trimestre de 2021, na comparação com o mesmo período do ano anterior, atingindo R$ 1,928 bilhão. A forte demanda por produtos da Companhia, aliada à flexibilidade comercial e ao sólido desempenho operacional, impulsionaram os resultados no período. As condições favoráveis de mercado levaram ao aumento na receita líquida do trimestre, que alcançou R$ 4,358 bilhões, 40% acima no comparativo anual.

PUBLICIDADE

Recomendados