PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Cidades da região garantem recursos para área de saúde

Campos Gerais

27 de outubro de 2021 21:09

Da Redação


Relacionadas

Palmeira investe R$ 600 mil em ESF com apoio do governo

Hospital de Cândido de Abreu recebe licença sanitária

Jovem de 17 anos morre após colidir motocicleta contra poste

Sanepar investe R$ 23 milhões em Telêmaco Borba
Castro inicia programação de Natal nesta sexta-feira
Coral do Instituto Vida fará apresentação em Carambeí
Azul amplia voos no Paraná; veja os novos destinos
PUBLICIDADE

Secretário Beto Preto esteve presente em reunião organizada pela AMCG nesta quarta-feira (27)

A saúde regional deve receber novas iniciativas nos próximos meses. Em reunião organizada pela Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG) na manhã desta quarta-feira (27), em Arapoti, o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, garantiu recursos e equipamentos para atender a população. 

Além dos mais de 90 veículos do programa ‘Saúde da Família’ que serão entregues no próximo mês em Ponta Grossa, o responsável pela pasta colocou como prioridade a manutenção dos atendimentos no Hospital Regional de Telêmaco Borba no período pós-covid. “Não queremos interromper o atendimento. Temos como compromisso manter o perfil principal do Hospital que é o materno- infantil”, garantiu. 

A descentralização dos serviços de saúde nos municípios e a reabertura do hospital em Telêmaco Borba são reivindicações antigas da região que retornaram à pauta com a visita do secretário. “É um privilégio poder fazer as solicitações com linha direta do governo. Desta maneira, podemos expor nossa realidade e garantir mais resultados”, exultou o presidente da AMCG e prefeito de Castro, Moacyr Fadel (Patriota).

Entre as novas solicitações, o presidente da associação pediu atenção especial às mulheres. “Já que estamos no ‘Outubro Rosa’ temos que falar dos exames preventivos. Os municípios necessitam desse respaldo para a prevenção do colo de útero”, ressalta Fadel, que também citou a falta de materiais para a coleta.

A reforma do Hospital Luiza Borba Carneiro, localizado em Tibagi, também foi debatida neste encontro. O projeto já conta com recursos garantidos. De acordo com Beto Preto, os prefeitos da AMCG devem solicitar recursos para fortalecer os hospitais pactuados durante a construção do Planejamento Regional Integrado (PRI), que está sendo realizado por meio do Programa Paraná Produtivo. “Agora é hora de solicitar os hospitais microrregionais, e colocar recursos onde realmente é preciso”, destaca. 

Anfitrião do evento e prefeito de Arapoti, Irani Barros (PSDB), comemorou a reabertura do Hospital Municipal 18 de Dezembro em seu município durante a reunião. “O local estava interditado há mais de dez anos, e já conseguimos a licença sanitária para retomar os atendimentos”, revelou.


Atendimento terá apoio da UEPG

Quanto às especialidades, Beto Preto destacou a necessidade de ampliar as consultas. Para isso, a Secretaria de Saúde atua em um projeto para comprar dez mil consultas médicas ao mês da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e disponibilizá-las à população por meio do Consórcio Intermunicipal de Saúde dos Campos Gerais (CimSaúde). “Hoje o Consórcio já realiza três mil consultas ao mês em diversas especialidades. Mas queremos privilegiar ainda mais o atendimento das pessoas”, avalia o responsável pela pasta estadual, que também elogiou a atual gestão da AMCG.

PUBLICIDADE

Recomendados