>


PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Castro projeta modernização no sistema de coleta de lixo

Campos Gerais

23 de novembro de 2021 17:27

Da Redação


Relacionadas

Polícia prende oito pessoas por furto em ferrovia na região

Receita restitui R$ 1,28 milhão para contribuintes na região

Tibagi inicia procedimentos para construção de nova pré-escola

Carambeí destina verba para entidades sociais
Telêmaco Borba debate pautas para a segurança pública
Ipiranga recebe apoio da Adetur para fomentar o turismo
Tibagi decreta luto oficial pela morte de Eugênio Santos
Prefeito Moacyr Fadel e equipe estiveram na cidade de Caxias do Sul para conhecer projeto Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Prefeito Moacyr Fadel e equipe estiveram na cidade de Caxias do Sul para conhecer projeto

A Comitiva da gestão municipal de Castro, liderada pelo prefeito Moacyr Fadel (Patriota), está em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, para conhecer a coleta de lixo mecanizada que funciona no município. Os representantes do poder público foram recepcionados pelo prefeito Adiló Didomenico (PSDB), pela vice-prefeita Paula Loris (PSDB) e pelo secretário municipal de Meio Ambiente, João Osório Martins.

Desde o ano de 2007, a Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca) espalhou contêineres em diversas ruas da cidade. Esse procedimento deu início a mudança gradual do modelo de coleta de resíduos ‘porta a porta’. Com o sistema mecanizado, os moradores podem descartar o lixo a qualquer hora do dia ou da noite, sem se preocupar com o horário de coleta. O confinamento dos resíduos em contêineres contribuiu para deixar a cidade mais limpa, o que reduziu drasticamente os problemas com lixo espalhado nas ruas e evitou possíveis alagamentos.

Atualmente, o município de Caxias do Sul conta com cerca de 1.950 pares de contêineres para lixo orgânico (caixas verdes) e seletivo (caixas amarelas) para atender os 205 mil habitantes. O sistema gerou aumento de quase 100% no volume de itens recolhidos na região central da cidade. O movimento também causou um impacto significativo na distribuição do material reciclável entre as associações de catadores existentes em Caxias e fomentou a geração de emprego, renda e inclusão social.

O prefeito Moacyr Fadel destacou que a visita técnica permitiu a familiarização com um moderno sistema de coleta do lixo que poderá servir como modelo para Castro em um futuro próximo. “É um modelo de coleta qualificado e moderno, que permite maior inclusão dos catadores, preservar o meio ambiente, deixar a cidade mais limpa e gerar economia para os cofres do município”, avaliou o chefe do Executivo.

PUBLICIDADE

Recomendados