PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Saúde de Irati organiza ‘Dia D’ de combate à dengue

Campos Gerais

25 de novembro de 2021 17:31

Da Redação


Relacionadas

Castrolanda reestrutura marcas e reforça sinergia cooperativista

Jaguariaíva recebe nova ambulância de suporte básico

Palmeira fecha parceria para fomentar o empreendedorismo

Telêmaco Borba fortalece atendimentos nas rodovias
Deputada Sleutjes parabeniza 70 anos da Castrolanda
Workshop de profissões mobiliza alunos em Piraí do Sul
Centro Cultural Castrolanda inaugura novas exposições
Equipes devem atuar em pontos estratégicos do município Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Equipes devem atuar em pontos estratégicos do município

Para mobilizar a população no combate ao mosquito Aedes Aegytpi, vetor da dengue, o setor de endemias da Secretaria municipais de Saúde de Irati promoverá, nesta sexta-feira (26), o 'Dia D' de combate à dengue. Serão feitas panfletagens em escolas, nos principais pontos comerciais e na Rua Dr. Munhoz da Rocha, no centro da cidade, durante todo o dia. Nos bairros, a distribuição do material será feita em frente a alguns supermercados e pontos estratégicos.

O Dia Nacional de Combate à Dengue foi celebrado em todo o Brasil no sábado (20). Entretanto, segundo o coordenador dos agentes de endemias, Élcio de Jesus Fernandes, com a anuência da 4ª Regional de Saúde, o município de Irati decidiu realizar as atividades, na próxima sexta-feira, para abranger mais pessoas ao longo do dia. “Nós recebemos alguns folders que estaremos repassando nas escolas, nos pontos comerciais de maior movimento da nossa cidade, juntamente com todos os agentes de endemias, e vamos contar com a parceria dos agentes comunitários de saúde”, explica Fernandes, enfatizando que a população não pode deixar esta doença esquecida.

Os trabalhos serão concentrados nos horários de entrada e saída das escolas. Segundo Élcio, o risco de se contrair a dengue em Irati foi classificado como médio, com 167 focos do mosquito registrados ao longo do ano. Isto vem causando preocupação por conta da movimentação das pessoas, que podem se contaminar em outras cidades e trazer casos da doença para o município. 

“Com certeza, neste ano, já temos observado bastante movimentação, o pessoal viajando, muitas pessoas querendo ir para as praias, em locais onde pode haver mais focos. Nunca tivemos um surto de dengue aqui, mas temos que tomar todas as precauções, pois sabemos que existem os focos do mosquito. As pessoas podem se contaminar e causar uma epidemia. Temos que nos cuidar, o máximo possível, para que isto não aconteça”, enalteceu.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados