PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Cidades da 21ª Regional aderem ao programa PlanificaSUS

Campos Gerais

06 de dezembro de 2021 21:33

Allyson Santos


Relacionadas

Irmãos são denunciados pela própria família após furtos

Homem leva três tiros enquanto caminhava em bairro de PG

Homem desaparecido é localizado em fenda de 50m

Após roubo, ladrão é atropelado e agredido por populares
Adetur promove workshop sobre Caminhos do Peabiru
CimSamu apoia atendimentos nas estradas e prevê ampliação
Ventania e Telêmaco alinham planos para o desenvolvimento
Inciativa também contemplará os municípios de Telêmaco Borba, Curiúva, Ventania, Tibagi, Imbaú, Ortigueira e Reserva Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Inciativa também contemplará os municípios de Telêmaco Borba, Curiúva, Ventania, Tibagi, Imbaú, Ortigueira e Reserva

Os sete municípios que compõem a 21ª Regional de Saúde aderiram ao programa ‘PlanificaSUS Paraná’ na última sexta-feira (3). O projeto tem como objetivo o fortalecimento da Rede de Atenção à Saúde contemplará as cidades de Telêmaco Borba, Curiúva, Ventania, Tibagi, Imbaú, Ortigueira e Reserva.

A solenidade contou com um Workshop que teve a participação da diretora da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), Dra. Maria Goretti David Lopes. Ela representou o secretário estadual de Saúde, Beto Preto. “Nosso desejo era que em janeiro de 2020 pudéssemos estar aqui lançando o ‘PlanificaSUS’, mas a pandemia não ofereceu as condições necessárias”, disse a diretora. “Vamos fazer o melhor a atenção primária à saúde no estado”, afirmou.

Para o prefeito de Telêmaco Borba, Dr. Márcio Matos, o plano será importante para que os atendimentos essenciais à população sejam efetivados de maneira adequada. “Telêmaco é uma cidade polo, que integra essa região. Nos aproximamos de 100 mil habitantes e verificamos a necessidade de expansão na saúde para dar suporte aos moradores”, frisou.

O chefe da 21ª Regional, Cleverton Soares, agradeceu aos gestores dos setes municípios pela adesão em 100% do PlanificaSUS. Ele também afirmou que todos poderão contar com o apoio da equipe da Regional de Saúde e do aporte do Governo do Estado.

O projeto teve início no Paraná ainda em 2019, na 4ª Regional de Irati. A partir da implementação, a região obteve um dos melhores resultados dentre todas as localidades espalhadas pelo país. Atualmente, essas cidades estão na 2ª fase da iniciativa. De acordo com secretário Beto Preto, a expansão do programa em todas as regiões é fundamental para a nova fase pós-pandemia no Paraná.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados