PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Reserva terá nova Delegacia Regional da Polícia Civil

Campos Gerais

19 de janeiro de 2022 17:51

Agência Estadual de Notícias


Relacionadas

Motorista morre após grave acidente em Piraí do Sul

Autor lança obra sobre a origem da cidade de Palmeira

Inscrições para a 1ª ExpoIrati estão abertas até 31 de maio

Reserva tem alta procura por vacinas da gripe e tríplice viral
Projeto distribui caixas d’água para 30 famílias em Ipiranga
Klabin inicia operação de planta de ácido sulfúrico
Câmara de Piraí do Sul autoriza aplicação de R$ 6 mi na saúde
Mudança acontece após a desvinculação da carceragem e repasse da custódia de presos à gestão plena do Departamento de Polícia Penal do Paraná (Deppen), que assume a estrutura antiga Foto: Divulgação/AEN
PUBLICIDADE

Mudança acontece após a desvinculação da carceragem e repasse da custódia de presos à gestão plena do Departamento de Polícia Penal do Paraná (Deppen), que assume a estrutura antiga

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) vai inaugurar a nova Delegacia Regional em Reserva, região dos Campos Gerais, no próximo dia 25 de janeiro. A mudança acontece após a desvinculação da carceragem e repasse da custódia de presos à gestão plena do Departamento de Polícia Penal do Paraná (Deppen), que assume a estrutura antiga.

O novo prédio foi alugado e recebeu melhorias e adequações com recursos do Fundo Rotativo da Polícia Civil. O espaço tem 225 metros quadrados e está localizado na Rua Antônio Sluzala, número 48, no Centro de Reserva. O local possui um espaço amplo e com mais comodidade. A mudança traz melhorias tanto para os serviços de atendimento ao público, como para os servidores da Polícia Civil.

A nova Delegacia Regional de Reserva faz parte das mudanças promovidas pelo processo de transferência da custódia de detentos das carceragens da Polícia Civil para a gestão plena do Deppen. As transferências aconteceram em três etapas. Na primeira (em 2019) 37 carceragens de delegacias foram transferidas em 36 municípios; na segunda (2020), a mudança atingiu 41 carceragens, além do fechamento definitivo de outras 15, em uma ação que envolveu 56 cidades.

No dia 15 de setembro de 2021, o governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou o decreto que finalizou o processo de transferência. Considerada um momento histórico para o Paraná, essa última fase envolveu 70 municípios e zerou o número de presos sob os cuidados da Polícia Civil em outros 58 municípios. No total, 73 carceragens foram totalmente fechadas e 12 mil pessoas privadas de liberdade tiveram a situação regularizada desde 2019.

PUBLICIDADE

Recomendados