PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Tibagi decreta luto oficial pela morte de Eugênio Santos

Campos Gerais

21 de janeiro de 2022 17:07

Da Redação


Relacionadas

Imbaú dá início ao programa ‘Saúde da Mulher’

Prudentópolis busca fortalecer a produção de maracujá

Cândido de Abreu garante aporte de R$ 800 mil em recursos

Em Castro, ponte sobre o Rio Ribeira tem obras avançadas
Tibagi garante pagamento do piso salarial para professores
CimSamu realiza transição na operadora de serviços
Empresária morre após grave acidente em rodovia de PG
'Gênio' Santos, como era conhecido, foi figura importante para a política da cidade. Ele também foi proprietário do primeiro cinema municipal Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

'Gênio' Santos, como era conhecido, foi figura importante para a política da cidade. Ele também foi proprietário do primeiro cinema municipal

O prefeito de Tibagi, Artur Butina, decretou nesta sexta-feira (21) luto oficial de três dias no município pela morte de Eugênio Santos, aos 91 anos. “Gênio”, como era conhecido, foi uma pessoa extremamente importante para o desenvolvimento econômico e político no município.

Eugênio Santos foi vice-prefeito de Tibagi durante a gestão de Nelson Horn (1973-1977). Porém, um dos fatos mais peculiares a seu respeito foi a construção do primeiro cinema de Tibagi na década de 1950: o cine Glória, depois Cine Diamante. As sessões eram exibidas nos finais de semana e feriados com todos os filmes tradicionais da época. O cinema ficou aberto até o final da década de 1970.

Além disso, Gênio também teve participação importante na construção da capela de Santa Pastorinha, na localidade de Campina Alta. Marido da ex-vereadora Zélia Lagos Taques Santos e pai da ex-vice prefeita Hellynez Isabel Santos Taques Ribas, o seu falecimento causou comoção e grande tristeza aos seus familiares, amigos e toda a população tibagiana.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados