PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

AMCG confirma participação na ‘Universidade dos Prefeitos’

Campos Gerais

05 de maio de 2022 16:28

Da Redação


Siga o a rede no Google News

Relacionadas

Caminhão capota na BR-277 em Palmeira

Hospital de Teixeira Soares terá investimento de R$ 4 milhões

Prefeita Dayane garante novos recursos para Imbaú

Cândido de Abreu garante estrutura para produtores rurais
Briga após 'bailão' termina com um ferido em Palmeira
Evento internacional destaca projeto realizado em Palmeira
Reserva lança edital e avança em projeto da nova UPA
Por meio do projeto, os gestores municipais poderão se aperfeiçoar com curso oferecido pela ONU Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Por meio do projeto, os gestores municipais poderão se aperfeiçoar com curso oferecido pela ONU

Prefeitos de todo o Paraná poderão ser certificados pela Organização das Nações Unidas (ONU) nos próximos meses. O Governo do Estado do Paraná realizou na tarde desta terça-feira o pré-lançamento do projeto ‘Universidade dos Prefeitos’, realizado em parceria com o Instituto das Nações Unidas para Formação e Pesquisa (Unitar/ONU). 

"Tivemos conhecimento do projeto em nossa viagem à Dubai, quando tivemos a oportunidade de apresentar a Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG) à Unitar", contou o presidente e prefeito de Piraí do Sul, Henrique Carneiro. "Agora vamos iniciar nossa participação efetiva no projeto", antecipa.

Com o projeto, os prefeitos poderão se aperfeiçoar com o curso da ONU. Serão nove meses de capacitações. "Iniciamos essa conversa ainda em 2017 com a Estratégia de Olho nos ODS, e agora podemos entregar mais este resultado", exulta a superintendente geral de Desenvolvimento Econômico e Social, Kelli Guimarães, lembrando da parceria com a Organização Mundial da Família (WFO).

Conforme a presidente da WFO, Deise Kusztra, o projeto é inovador e pioneiro nos municípios. "O Estado e o país são organizações administrativas e políticas. Mas é nas cidades que as famílias moram. Quem tem que implantar ações para repercutir na vida das famílias são os municípios", avalia, completando que não é fácil dar voz aos municípios a nível internacional.

"Estamos construindo uma ponte entre o Governo e ONU. Será uma chave de transformação para o Estado", destaca o diretor geral da Superintendência de Desenvolvimento Econômico e Social, Luiz Mascarenhas.

Do Tribunal de Contas do Estado, Adriana Domingos destacou a importância da capacitação das lideranças políticas locais. "Vamos redesenhar as nossas políticas públicas, traduzir a uma linguagem comum com os órgãos de financiamento do mundo", explicou.

Presidente da Associação dos Municípios do Paraná, e prefeito de Jesuítas, Júnior Weiler, destacou o papel dos presidentes das microrregionais. "Seremos multiplicadores do projeto. Vamos aproveitar e tentar trazer recursos internacionais para nossos municípios", disse.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados