PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

83 mil contribuintes têm duas semanas para declarar o IR

Campos Gerais

16 de maio de 2022 18:39

Fernando Rogala


Relacionadas

PM prende 42 pessoas durante a 'Operação Pronta Resposta'

PR envia mais 7,9 mil vacinas da Covid para os Campos Gerais

Receita restitui R$ 31 mi a contribuintes da região

Inadimplência com o IPVA na região é de R$ 79,7 milhões
AMCG faz parceria e dá apoio para cidades de menor porte
Inácio Martins recebe R$ 11,3 milhões para infraestrutura
Governador repassa R$ 16 mi a Imbituva nesta quinta-feira
Delegacia Regional da Receita Federal espera receber 240 mil declarações Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Prazo encerra no dia 31 de maio e cerca de 35% dos contribuintes da região não enviaram a declaração


Dentro de duas semanas, no dia 31 de maio, termina o prazo para o envio da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF). Entre o primeiro dia do prazo, 7 de março, até às 23h59m59 deste domingo, 15 de maio, a delegacia da Receita Federal do Brasil em Ponta Grossa, cuja circunscrição abrange 64 municípios, recebeu 156.397 declarações. Isso representa cerca de 65% da expectativa prevista para a região, de 240 mil DIRPFs. Por outro lado, isso significa que passados 82% do prazo, 35% dos contribuintes ainda não prestaram contas com o Fisco.

Apenas no município de Ponta Grossa, esse percentual é ainda maior. Das cerca de 74,5 mil declarações de IR esperadas neste ano, o número de contribuintes que já fizeram o envio das informações referentes a 2021 foi de 45.760. Em temos percentuais, são 61% das declarações esperadas, restando ainda 39% dos contribuintes por fazer o envio.

Apesar da proporção parecer alta para o prazo, o delegado da Receita Federal em Ponta Grossa, Demetrius de Moura Soares, informa que os envios estão dentro do esperado. Inclusive, afirma que no mesmo período do ano em 2021, quando o prazo também terminava no final do mês de maio, o percentual era ainda menor. “Se for olhar o mesmo período no ano passado, recebemos 58% do que viríamos a receber na região, então, percentualmente, neste ano estamos com um percentual até superior ao do mesmo período do ano passado. Em Ponta Grossa, o percentual era menor: tínhamos recebido cerca de 55,6%. Então, embora ainda falte bastante, na última quinzena que se intensifica entrega da declaração”, recorda.

Quem estiver obrigado a enviar a declaração (o principal requisito é ter tido ganhos de R$ 28.559,70 no decorrer de 2021) e não o fizer dentro do prazo, precisará pagar uma multa, com o valor mínimo de R$ 165,74, no momento transmissão. Dessa forma, o contribuinte precisará imprimir o DARF para o pagamento da multa pela transmissão fora do prazo. Por esse motivo, a recomendação é que, mesmo que o contribuinte não tenha todos os dados, faça o envio das informações, transmitindo a declaração, e fazendo a declaração retificadora, com os dados adicionais, o quanto antes for possível.

 

Primeiro Lote de restituição será paga neste mês  

Mesmo com o prazo de envio de declarações se estendendo até o dia 31 de maio (e sem a perspectiva de ser prorrogado, seguindo o mesmo prazo de 2021), neste mês será pago o primeiro lote de restituição, no mesmo dia 31. Como a data incide com o final do prazo, para essas pessoas não haverá a reposição inflacionária do prazo, como ocorrerá com os outros lotes. “Esse é um lote que contempla as pessoas acima de 60 anos, prioritariamente as acima dos 80. Também contempla os portadores de necessidades especiais e contribuintes cuja fonte preponderante seja o magistério. E o segundo lote também tem uma boa parcela representado por esse grupo. Quem não é prioritário e entregou no começo do prazo, pode ser que seja restituído em junho”, diz Soares. 

PUBLICIDADE

Recomendados