PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Nova fábrica da Ambev traz 1,5 mil empregos para Carambeí

Campos Gerais

23 de junho de 2022 18:02

Agência Estadual de Notícias


Relacionadas

Homem acusado de estupro morre em troca de tiros

Deputado Aliel Machado destina recursos para Piraí do Sul

Tibagi alinha estratégias para atrair novas indústrias

Arrecadação federal atinge R$ 3 bi em apenas cinco meses
Cidades da Amcespar recebem planos de desenvolvimento
Estado anuncia mais de 350 casas para Jaguariaíva
Paraná cria Subgrupamento de Bombeiros na região de Irati
Prefeita Elisangela Pedroso realizou uma coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira (23) para detalhar o projeto Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Prefeita Elisangela Pedroso realizou uma coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira (23) para detalhar o projeto

A fabricante de bebidas Ambev escolheu Carambeí, nos Campos Gerais, para instalar a maior fábrica de vidros sustentáveis do País, em um investimento de mais de R$ 870 milhões. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (23). O protocolo de intenções havia sido assinado com o Governo do Estado no fim do ano passado. A construção começa este ano, com a criação de 1,5 mil vagas de emprego durante a obra. A partir do início da operação, projetada para ocorrer em 2025, serão entre 300 e 400 postos diretos.

“Esse é mais um investimento fantástico para o Paraná. A Ambev já é uma referência em sustentabilidade no nosso Estado e no mundo. Agora, eles trazem mais essa boa notícia: uma indústria de garrafas de vidro, que segue a política da empresa de fazer a reciclagem das garrafas. É mais geração de emprego e renda que atraímos para o Estado”, ressaltou o governador Carlos Massa Ratinho Junior, lembrando que o Estado bateu recorde na geração de empregos com carteira assinada, com a criação de mais de 172 mil vagas no ano passado.

A planta industrial vai produzir garrafas a partir da reciclagem de cacos recolhidos, fruto de parcerias com empresas de logística reversa e cooperativas da região. Serão produzidas garrafas dos tipos long neck, 300 ml, 600 ml e 1 litro para diversos rótulos da empresa, como Brahma, Skol, Budweiser, Stella Artois, Becks e Spaten. A capacidade produtiva é de até 500 milhões de garrafas por ano, dependendo do tipo. A fábrica vai abastecer cervejarias do Paraná e de diversos outros estados.

A nova unidade representa uma aposta no desenvolvimento da logística reversa e economia circular, e está alinhada à meta da empresa de ter 100% dos seus produtos em embalagens retornáveis ou feitas majoritariamente de conteúdo reciclado até 2025.

O vidro, material largamente utilizado como embalagem para bebidas, tem grande potencial de reciclagem. Quando reciclado, além de fomentar a cadeia de logística reversa, gera impactos positivos como redução do consumo de energia e das emissões de CO2 lançados na atmosfera.

Além da nova fábrica de vidros em Carambeí, a Ambev conta com instalações em Ponta Grossa e Curitiba, centros de distribuição em diversos municípios e parcerias com o agronegócio de Guarapuava.

 

Prefeita Elisangela avalia importância do projeto

A gestão municipal de Carambeí organizou uma coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira (23) para anunciar e detalhar o projeto que será executado pela Ambev na cidade. Na ocasião, a prefeita Elisangela Pedroso destacou a importância da nova indústria. “Este anúncio é resultado de um trabalho árduo de toda a equipe, que desde dezembro está dando o suporte com o repasse de informações à empresa. É um marco histórico, um grande passo para a industrialização do município. Uma conquista de Carambeí, dos Campos Gerais e do Paraná”, afirmou a chefe do Executivo.

PUBLICIDADE

Recomendados