Imbituva pretende investir R$ 20 milhões em novo hospital

Após meses de estudos e reuniões, o Termo de Referência para licitar o projeto de construção do Hospital foi protocolado pela atual administração nesta semana

Ação ocorreu com aval do vice-prefeito Zaqueu Bobato, que esteve à frente do Executivo nas últimas semanas
Ação ocorreu com aval do vice-prefeito Zaqueu Bobato, que esteve à frente do Executivo nas últimas semanas -

Allyson Santos

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Após meses de estudos e reuniões, o Termo de Referência para licitar o projeto de construção do Hospital foi protocolado pela atual administração nesta semana

A prefeitura de Imbituva iniciou, nesta semana, os trâmites necessários para viabilizar a construção do Hospital Municipal. Após meses de estudos e reuniões, o Termo de Referência para licitar o projeto de construção do Hospital foi protocolado pela atual administração nesta semana. A ação ocorreu com aval do prefeito Celso Kubaski e do vice, Zaqueu Bobato, que esteve à frente do Executivo nas últimas semanas.

Em entrevista concedida ao Jornal da Manhã e Portal aRede, Bobato trouxe detalhes da iniciativa. Atualmente, o município já tem R$ 20 milhões garantidos para executar as obras. Os recursos foram assegurados por meio do programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), disponibilizado pela Caixa Econômica Federal. O preço inicial da licitação que consiste na elaboração do projeto estrutural está avaliado em torno de R$ 550 mil.

De acordo com o vice-prefeito, a expectativa é que a nova estrutura seja capaz de atender toda a demanda existente na cidade pelos próximos 15 anos. “O terreno que receberá as obras do novo hospital é de aproximadamente 9 mil m², no entanto, o edital protocolado nesta semana prevê uma construção de 4 mil m². Neste sentido, a nossa administração já trabalha com a possibilidade de uma expansão no futuro”, explicou.

O trâmite da licitação deve ocorrer até setembro deste ano. Segundo Bobato, a expectativa é que as obras comecem a partir de 2023. “É um grande sonho da nossa população que agora está saindo do papel. Agradeço ao prefeito Celso pelo respaldo e confiança, e a todos os demais que estiveram envolvidos nesta conquista”, reforçou.

Com o novo hospital, a prefeitura pretende viabilizar um espaço capaz de ofertar a realização de cirurgias eletivas de menor complexidade. Ainda segundo o vice-prefeito, a intenção é, em longo prazo, transformar Imbituva em um município de referência para a região nos atendimentos vasculares e de ortopedia. A instalação de uma maternidade também está nos planos do novo projeto, que é considerado uma das maiores prioridades do atual governo.

Gestão debate melhorias no CimSamu

O vice-prefeito de Imbituva, Zaqueu Bobato, esteve reunido com a diretora do Consórcio Intermunicipal Samu Campos Gerais, Scheila Mainardes, na quarta-feira (29). Entre as pautas abordadas no encontro estavam a realização de melhorias no atendimento do Samu na cidade e a construção do heliponto no Pronto Atendimento municipal. Na ocasião, Bobato expôs as principais demandas existentes no município. A estrutura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi inaugurada no mês de janeiro deste ano. A sede do CimSamu em Imbituva também atende a cidade de Guamiranga, totalizando mais de 40 mil habitantes atendidos.