Professores mortos em acidente iriam à Conferência da APP

Van em que eles estavam colidiu na traseira de um caminhão carregado com leite

Van em que eles estavam colidiu na traseira de um caminhão carregado com leite
Van em que eles estavam colidiu na traseira de um caminhão carregado com leite -

Sebastião Neto

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Os professores que morreram no gravíssimo acidente ocorrido na BR-376 no fim da noite desta quinta-feira (11), na região da Colônia Witmarsum, estavam a caminho do 8ª Conferência Estadual de Educação da APP Sindicato, que será nesta sexta-feira (12) e sábado (13) em Curitiba. O evento reúne cerca de 500 delegados de todas as regiões do Paraná.

Na van que colidiu na traseira de um caminhão carregado com leite no km 545 da Rodovia do Café estavam professores das cidades de Cambará, Jacarezinho, Santo Antônio da Platina e Barra do Jacaré. Uma das vítimas já foi identificada: trata-se de Maria Aparecida Lucia da Cunha, de 57 anos, professora da rede estadual de ensino em Barra do Jacaré. Outras seis pessoas morreram no acidente e outras três, um homem e mais duas professoras, foram encaminhados em estado grave para hospitais.

O evento

A conferência da APP Sindicato é o ponto culminante do ciclo de debates, iniciado em março deste ano, com o acolhimento de propostas da categoria para a educação pública, passando por questões pedagógicas, educacionais e de carreira.

A programação principal ocorre no auditório da APP, que está sendo preparado para apresentações culturais, mesas de abertura e conjuntura, debate e plenária final. Ao término do evento, o espaço receberá a primeira Assembleia Estadual presencial da categoria desde o início da pandemia.

Saiba mais sobre o acidente

Sete pessoas que estavam em uma van que seguia para Curitiba morreram em um gravíssimo acidente no fim da noite desta quinta-feira (11) na BR-376, região da Colônia Witmarsum. A ocorrência foi por volta das 23h30 no km 545, no sentido capital da Rodovia do Café, quando a van acabou colidindo na traseira de um caminhão carregado com leite, que vinha de Ponta Grossa para Curitiba.

Mesmo após a colisão, segundo informações obtidas no local, o caminhoneiro não percebeu que se tratava de um outro veículo e acabou arrastando a van por cerca de 150 metros. No veículo, estavam nove professores que vinham da região Norte do Estado para um evento na capital, além do motorista; seis vítimas da van morreram no local, enquanto uma sétima vítima, professora no município de Barra do Jacaré, entrou em óbito a caminho do hospital.

Os três demais ocupantes da van, um homem de 44 anos e outras duas professoras, foram levados em estado grave para hospitais de Curitiba e Região Metropolitana. Polícia Rodoviária Federal (PRF), Corpo de Bombeiros, além de equipes do DER e Instituto Médico Legal estiveram presentes para atendimento a tragédia.

Com informações de assessoria

Conteúdo de marca

Quero divulgar right