PUBLICIDADE

Ruivinha conquista o título de Campeã Suprema do Agroleite

Animal é o primeiro a conquistar duas estrelas na calçada da fama da Cidade do Leite

Ruivinha foi eleita a melhor vaca holandesa da variedade preta e branca da exposição e conquistou o título 'supremo'
Ruivinha foi eleita a melhor vaca holandesa da variedade preta e branca da exposição e conquistou o título 'supremo' -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Halley Ruivinha Doorman 538 TE conquistou na noite de ontem, 20 de agosto, o bicampeonato como Suprema das Raças do Agroleite 2022, repetindo o feito do evento de 2019. É a primeira vez que uma vaca conquista duas estrelas na calçada da fama da Cidade do Leite.

Ruivinha, eleita a melhor vaca holandesa da variedade preta e branca da exposição, disputou o título com os animais Queli Disco Guinther da raça jersey, do expositor Carlos Jacob Wallauer, e com Constentation Isis Sucessor, de Alessandro e Marisa Dekkers, vaca da raça holandesa variedade vermelha e branca. Esse julgamento, conduzido pelos dois juízes oficiais do evento, Carl Phoenix e Stephen Borland, marcou o encerramento oficial do “Agroleite 2022- Reencontros”.

Após o anúncio, Ronald Elgersma, um dos criadores do animal, era só emoção. Ronald, que veio de Arapoti, conta que Ruivinha participou de outras duas exposições em 2022 e em uma delas não conquistou o grande campeonato. O produtor relata que isso não o fez desanimar e manteve todos os cuidados especiais, pois reconhece o potencial de sua vaca. “Cada exposição em que chegamos é como um jogo que começa no zero a zero. O juiz pode não gostar da nossa vaca e temos que aceitar”, menciona.

O bicampeonato no Agroleite é mais um feito na trajetória de Ruivinha. A vaca é o primeiro animal do Brasil a atingir por duas vezes a classificação excelente 97, no quinto e no sexto parto, pontuação máxima para uma vaca acima de quatro crias. Ela é a terceira geração de vacas excelentes da sua família e mantém produções acima de 60 kg de leite ao dia. “Respeitamos todas as outras vacas que encontramos nas exposições, porque sem dúvida só vem aumentando a gama de vacas para competição, mas através da classificação dela, acompanhando seu desenvolvimento e amadurecimento, sabíamos que ela tinha potencial para chegar nesse momento”, relata o criador.

Ronald Elgersma faz questão de ressaltar que o resultado é fruto de um trabalho em equipe, dos vários profissionais que se dedicam na propriedade e durante o evento para proporcionar o que for preciso para ela entrar na pista em sua melhor forma. “Diariamente tem pessoas para cuidar dela. É um trabalho com carinho para um animal especial”, destaca.

O presidente da Cooperativa Castrolanda, Willem Bouwman, parabeniza os expositores, preparadores e tratadores, enfim, todos os que permaneceram no pavilhão fazendo o seu trabalho para apresentar os animais e garantir uma boa performance. Bouwman também agradece os juízes canadenses que vieram ao Brasil e dedicaram seu tempo a esse trabalho tão difícil e árduo, externando suas opiniões e explicando ao público o porquê de cada colocação em pista.  

Vaca do Futuro

Além do melhor animal adulto, o Agroleite elege o melhor animal jovem dentre as raças participantes, a Vaca do Futuro. O título ficou com C.R.A. Doorman Joya 2048 TE do criador Robert Salomons de Castro-PR, animal da raça holandesa variedade preta e branca. Esse é o segundo animal do criador a conquistar a faixa, a primeira vez foi em 2017, com C.R.A. High Octane Nely 1071.

Salomons está satisfeito com os resultados que conquistou nesta edição e não é para menos. Os dois animais da raça holandesa que disputaram a faixa de Vaca do Futuro são de seu criatório. “Nem nos meus melhores sonhos imaginei esse resultado. Conquistamos as faixas de grande campeã e reservada campeã nas duas variedades de gado holandês jovem. É a recompensa do trabalho e investimentos que realizamos para desenvolver nosso rebanho”, comenta o criador.

Julgamentos

O julgamento dos animais na Arena é um dos pontos altos do Agroleite. A atividade iniciou na quarta-feira, dia 17, segundo dia do evento. Neste ano, 500 animais, entre holandês e jersey, estavam inscritos na competição.  

As informações são da assessoria de imprensa

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE