PUBLICIDADE

Região registra o primeiro caso de Varíola dos Macacos

Doença é transmitida através de secreções respiratórias, contato com lesões de pele de pessoas infectadas, ou contato com objetos contaminados

O paciente, que teve o diagnóstico após o exame coletado, permanecerá em isolamento domiciliar
O paciente, que teve o diagnóstico após o exame coletado, permanecerá em isolamento domiciliar -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Secretaria Municipal de Saúde de Palmeira, município dos Campos Gerais, informa que foram notificados, nesta quarta-feira (28), três casos suspeitos de Monkeypox (Varíola dos Macacos). Deste total, dois foram descartados e um caso foi confirmado no município. O paciente, que teve o diagnóstico após o exame coletado, permanecerá em isolamento domiciliar.

A doença é transmitida através de secreções respiratórias, contato com lesões de pele de pessoas infectadas, ou contato com objetos contaminados. O contágio por gotículas respiratórias ocorre por contato prolongado com pessoas infectadas. O início dos sintomas pode se assemelhar como uma gripe, evoluindo para lesões na pele incluindo mucosas (região genital), essas lesões são conhecidas como erupções cutâneas pustulosas ou vesiculares que com o passar dos dias evoluem para crostas e cicatrização.

Os pacientes devem permanecer isolados, até total remissão dos sintomas, desaparecimento e cicatrização completa das lesões que pode ocorrer em 14 dias ou mais. O tratamento é sintomático promovendo conforto do paciente. Além dos sintomas, o vínculo epidemiológico é importante para definir casos suspeitos, como histórico de viagem para outros países e estados ou cidades brasileiras com transmissão comunitária ou ocorrência de casos, histórico de contato com caso suspeito ou confirmado, ou histórico de contato sexual casual antes do início dos sintomas.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE