‘Batata doce’ era usada como arma em assaltos

Cotidiano

16 de abril de 2019 14:39

Da Redação


Relacionadas

Putin anuncia que Rússia é o 1º país a registrar vacina contra a covid-19

Curitiba prorroga medidas restritivas para conter o coronavírus

Câmeras de vídeo mostram acidente impactante no PR

1ªBPM entrega premiação aos vencedores de Concurso
Estado entrega novas viaturas no aniversário da PM
Ademar Traiano é reeleito como presidente da Alep
Webinar da Apras reúne mulheres empreendedoras
Planta com formato estranho foi apreendida e fez maior sucesso na delegacia Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Planta com formato estranho foi apreendida e fez maior sucesso na delegacia

 Um homem foi preso na noite dessa segunda-feira (15), depois de ser imobilizado por uma vítima de assalto. O caso aconteceu em uma grota no bairro do Benedito Bentes, parte alta de Maceió e chamou a atenção pela arma usada para praticar o crime: uma batata doce.

De acordo com informações da polícia, Samuel Lira Rodrigues, de 29 anos, abordou um motociclista com a mão na cintura, onde aparentava carregar um revólver. Rendida, a vítima foi levada até um matagal onde passou a ser espancada com uma barra de ferro, nas costas.

“Percebi que o assaltante estava me batendo mesmo com uma arma na cintura e desconfiei”, contou o motociclista, em entrevista à TV Pajuçara. “Então decidi imobilizá-lo, arrastei ele com uma chave de braço e pedi ajuda a quem passava pela pista”, explicou o rapaz.

Durante a briga, o suspeito deixou transparecer a “arma”, o que virou piada até a chegada da polícia.

Samuel foi conduzido até uma unidade de saúde onde recebeu atendimento médico e, em seguida, foi levado até a Central de Flagrantes, no Pinheiro. Ele permaneceu em silêncio enquanto era autuado por tentativa de roubo.

Com informações do site TNH1.com

PUBLICIDADE

Recomendados