Boate é fechada após cliente reclamar de ‘sexo ruim’

Cotidiano

13 de maio de 2019 15:56

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

BRDE apresenta resultados de iniciativas ligadas à inovação

Quatro estados pedem ajuda para combate aos incêndios

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 35 milhões neste sábado

Bolsonaro autoriza uso das Forças Armadas na Amazônia
Ratinho reforça a ministro meta de tornar o PR polo agritech
Bolsonaro promete tolerância zero com desmatamento
‘Grande Queimada’ é tema de encontro em Ortigueira
Homem chama a polícia por não encontrar satisfação e casa de prostituição é fechada Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

Homem chama a polícia por não encontrar satisfação sexual e casa de prostituição é fechada

Um caso inusitado foi registrado na cidade de Patrocínio em Minas Gerais. O que aconteceu é que um homem foi até uma casa de prostituição e ficou insatisfeito com uma relação sexual. Como ele ficou insatisfeito ele acabou chamando a Polícia Militar que foi até o local e fechou o estabelecimento.

A dona do estabelecimento foi presa por favorecer a prostituição.

Segundo informação da Polícia Militar, o homem de 52 anos teria pago 80 reais para a moça de 19 anos pelo programa sexual em um quarto do local.

O homem teria acertado o programa com a dona do estabelecimento em um bar. Ele insatisfeito após o programa chamou a proprietária, enquanto a mulher alegava que o homem não conseguiu uma ereção completa.

A Polícia Militar foi acionada e constatou que uma lanchonete era ponto de encontro para favorecer a prostituição, e de lá os 'clientes' eram levados para um quarto do estabelecimento. Neste quarto foram encontradas camisinhas.

Como o local estava irregular, a PM chamou fiscais da prefeitura de Patrocínio que fechou o local.

A proprietária do local foi presa por manter casa de prostituição mediante ganhos financeiros. O homem e a jovem do programa sexual foram encaminhados para a delegacia para esclarecimentos e liberados em seguida.

Leia mais clicando aqui

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede