Queda de ponte bloqueia ligação ao RS

Cotidiano

25 de maio de 2019 18:23

Banda B

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Receita paga hoje as restituições do primeiro lote do IR

Dois meses após incêndio, Notre-Dame tem primeira missa

Bolsonaro diz que Brasil foi aceito como aliado extra-Otan

Professores do Estado anunciam greve para o dia 25
Marido de deputada federal é morto a tiros em Niterói
Joaquim Levy pede demissão da presidência do BNDES
Pai mata filho de quatro anos e comete suicídio no Paraná
PUBLICIDADE

Problema está localizado na BR-101, em Santa Catarina. Ida do Paraná para o Rio Grande do Sul por caminhões e bitrens deve ser feita exclusivamente pela BR-116

A ida do Paraná para o Rio Grande do Sul por caminhões e bitrens deve ser feita exclusivamente pela BR-116, devido a queda da cabeceira de uma ponte na BR-101, em Sangão (SC), a 20 km de Tubarão. Carros conseguem desviar por Lauro Muller, mas veículos de grande porte não. A interdição total na pista sentido Sul aconteceu na noite desta sexta-feira (24) e apenas na segunda-feira existe a possibilidade da liberação do trecho. No sentido Norte, apenas uma pista está liberada, mas a qualquer momento a outra também poderá ser fechada.

O agente Luiz Graziano, da Comunicação Social da Polícia Rodoviária Federal de Santa Catarina, explicou que a situação é caótica na região. “A situação aconteceu no KM 356, 20 km ao Sul de Tubarão, onde houve um processo de erosão pela chuva e a ponte no sentido Sul cedeu totalmente. A pista está totalmente interditada desde as 19h30 de ontem”, descreveu à Banda B.

Graziano confirmou que a pista sentido Paraná também foi fechada durante a noite. “No sentido Norte também tivemos problemas e a pista foi interditada por segurança. Agora pela manhã uma faixa foi liberada, com a marginal fechada. O trânsito é caótico e lento na região, com veículos pesados parados, porque os leves conseguem desviar”, ressaltou.

Segundo o agente, não há previsão de liberação da pista sentido Sul pelo menos até segunda-feira. “Não há previsão de conserto. Pelo menos até segunda-feira não tem o que fazer. Estamos avisando os motoristas para fazerem o retorno em Tubarão. O ideal é já sair de Curitiba pegando a 116, porque só a rotas alternativa se mais longas para veículos leves, por Lauro Muller ou Urussanga”, afirmou.

A ida pela BR-116 se dá por Fazenda Rio Grande até Rio Negro, indo então para Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

As informações são da Banda B

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede