Terapeuta foi morta pelo próprio pai no Paraná

Cotidiano

13 de junho de 2019 15:24

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Governo estuda liberar saque de contas do FGTS

STF suspende processos com dados sem autorização judicial

Paraná tem 34,7% de área com florestas naturais ou plantadas

Governo finaliza segunda etapa da reforma administrativa
Aluguel residencial registra alta de 3,45% no 1º semestre do ano
Ave resgatada tem penas transplantadas 
Petrobras e Uruguai firmam acordo sobre distribuidoras de gás
Aline havia se formado há apenas 2 semanas e trabalhava em uma escola e em um lar de idosos Foto: Banda B
PUBLICIDADE

Corpo da vítima foi localizado na última quinta-feira (6) em frente a Colônia Penal Agrícola, em Piraquara

A terapeuta ocupacional Aline Miotto Nadolny, de 27 anos, foi morta pelo próprio pai. A informação foi confirmada à Banda B por fontes da Delegacia de Piraquara, região metropolitana de Curitiba. O corpo da vítima foi localizado na última quinta-feira (6) em frente a Colônia Penal Agrícola, em Piraquara.

A mesma fonte confirmou que o pai confessou o crime e que a motivação foi fútil. Aline havia se formado há apenas 2 semanas e trabalhava em uma escola e em um lar de idosos, no bairro Alto da XV, em Curitiba. O celular dela teve como última localização justamente o bairro da capital, no início da manhã, e desde então não foi mais vista.

Oficialmente, a Polícia Civil não confirma a informação dada em primeira mão pela Banda B.

 

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede