STF suspende processos com dados sem autorização judicial

Cotidiano

17 de julho de 2019 13:40

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Remédio para cólica menstrual pode tratar esquistossomose

Estudantes são detidos com medicamentos ilegais e drogas

Exército pode dispensar mais de 25 mil recrutas

Paraná registra um mês sem chuvas significativas
Avião de pequeno porte não levanta voo e bate em muro
Bolsonaro defende a soberania da Amazônia durante evento
Justiça decreta prisão contra dois filhos de Flordelis
Decisão foi tomada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, nessa terça-feira (16) Foto: Reprodução/Agência do Rádio Mais
PUBLICIDADE

Decisão afeta o caso do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), que teria feito uma movimentação atípica nas contas de Fabrício Queiroz, seu ex-assessor

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, determinou a suspensão de todas as investigações que foram baseadas em dados fiscais repassados pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) e pela Receita Federal ao Ministério Público sem autorização judicial. Entre elas, está a do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), que teria feito uma movimentação atípica nas contas de Fabrício Queiroz, seu ex-assessor.

A decisão determina que todos os processos em andamento no país só vão poder ser retomados após o plenário da Corte decidir sobre a constitucionalidade do compartilhamento, com o Ministério Público, de dados sigilosos de investigados. A previsão é que este julgamento ocorra em novembro.

A liminar do ministro Dias Toffoli atinge todos os inquéritos e procedimentos de investigação criminal (PIC), apuração interna do MP, que tramitam no Ministério Público Federal (MPF), além dos estaduais, em que não houve prévia decisão judicial para repasse dos dados pela Receita, Coaf e Banco Central.

Informações Agência do Rádio Mais

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede