Higi Serv substitui uniformes em prol da sustentabilidade

Cotidiano

22 de setembro de 2019 20:23

Da Redação


Relacionadas

Covid: 7,8 milhões de brasileiros não têm atendimento adequado

Cartão Comida Boa já injetou R$ 20,5 milhões no comércio

Brasil chega a mais de 20 mil mortes por covid-19

Copel lança campanha para auxiliar no combate à Covid-19
Receita de ICMS cai 33,4% na primeira quinzena de maio
Inscrições para o Enem terminam nesta sexta-feira
Câmara tem duas datas para o 1º turno das eleições
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Substituição de uniformes e produtos de limpeza estão entre ações sustentáveis de empresa paranaense

A data de 21 de setembro foi escolhida para ser o Dia Mundial da Limpeza (World Cleanup Day), uma ação mundial que mobilizou voluntários para a limpeza de suas cidades, bairros, praias, praças e parques. Foram 157 países mobilizados para 24 horas de limpeza. A ideia foi chamar a atenção da sociedade para um problema maior que é o descarte irregular de resíduos sólidos urbanos no meio ambiente.

Esta consciência da necessidade de preservar a natureza e trabalhar de forma ambientalmente correta é adotada há bastante tempo pela Higi Serv, uma das maiores empresas do País no setor de limpeza e conservação.

A empresa substituiu o uniforme dos colaboradores, passando do tecido comum para o confeccionado à base de resíduos de material pet. “Isto impacta no meio ambiente e na busca pela sustentabilidade e as empresas precisam ter esta consciência”, diz o presidente da Higi Serv, Adonai Aires Arruda.

Outra ação foi a substituição do detergente líquido por uma solução que é multiuso, podendo ser utilizado na limpeza de vidros, espelhos, carpetes, pisos e como desinfetante. Com um único produto a empresa evita o descarte de várias outas embalagens com produtos que teriam a mesma finalidade do multiuso. Antes eram usados 1028 litros de detergente em seis meses, com a mudança se passou para 60 litros no mesmo período. 

A Higi Serv deixou ainda de utilizar copos de plástico em sua área administrativa, colocando louças à disposição. A campanha menos plástico mais natureza foi adotada pelas sete empresas que formam a holding Higi Serv, o que representa 15 mil copos de plástico a menos na natureza todos os meses.

Voltada à limpeza em âmbito empresarial (hospitais, shoppings, indústrias, prédios, agências bancárias e ruas), a Higi Serv oferece não só a limpeza terceirizada, mas o serviço completo onde a atenção se volta à higiene, saúde e natureza. “Hoje se fala muito em sustentabilidade e preocupações ambientais, mas é a própria sociedade a geradora do lixo e o lixo é o grande agente de problemas de higiene e saúde, então a terceirização da limpeza chega com a mão de obra qualificada, produtos ecologicamente corretos, equipamentos apropriados  e o resultado dito está não só na qualidade do serviço, mas na sustentabilidade ambiental”, explica Adonai.

Ele destaca ainda a economia ao se terceirizar a limpeza. “O profissionalismo evita o desperdício e traz ganho de produtividade. Hoje a palavra mundial que está em voga é facilities o que quer dizer trabalho profissional, de maneira veloz, proativa, com produtividade, o que trará ao contratante do serviço profissional terceirizado a despreocupação e mais tempo para focar no seu negócio”, fala.

 

Sobre a Higi Serv

A holding Higi Serv completa, em 2019, 42 anos de atividade. Especializada em terceirização de serviços, com ênfase em facilities e projetos personalizados para seus clientes, atua em todo País. São cerca de seis mil colaboradores. A holding engloba as empresas HSTL, Higi Serv Cargo, Higi Serv Serviços, Higi Serv Limpeza & Conservação, Orkin e também atua no setor de turismo com as empresas  BWT Operadora e Serra Verde Express.  

O executivo que comanda a Holding Higi Serv, Adonai Aires Arruda, é presidente do Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação do Paraná (SEAC-PR), desde 1996, presidente da Fundação de Asseio e Conservação do Estado do Paraná (FACOP), desde 2003, membro efetivo do Conselho Nacional do SENAC junto a CNC, foi presidente da Federação Nacional das Empresas Prestadoras de Serviços de Limpeza e Conservação (Febrac)  entre 1999 e 2004, e o único brasileiro a presidir a World Federation of Building Service Contractors (WFBSC).

Informações da assessoria de imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados