Professor é encontrado morto com lingerie na boca

Cotidiano

02 de dezembro de 2019 14:40

Da Redação


Relacionadas

Importadoras podem recuperar R$ 1 bi pagos indevidamente

Paulo Martins exalta novo marco legal do saneamento básico

União já pagou R$ 5 bilhões de dívidas de estados

Paraná soma 46.601 casos e 1.181 mortos pela Covid-19
Bancos oferecem crédito com garantia do saque-aniversário
Candidato a guarda do Depen é preso por documentos falsos
Inpespar discutirá o mercado imobiliário do Paraná
O corpo da vítima estava enrolado em um tapete e amarrado com fios elétricos Foto: Banda B
PUBLICIDADE

Dentro do veículo, a polícia também encontrou uma carteira com documentos

O professor da rede estadual de São José dos Pinhais, Ronaldo Pescador, de 40 anos, foi encontrado morto no banco traseiro de um carro, na manhã deste domingo (1), em um terreno baldio na rua Eng. Raul Suplicy de Lacerda, no bairro Alto Boqueirão, em Curitiba. O corpo da vítima estava enrolado em um tapete e amarrado com fios elétricos, além de estar com uma peça íntima feminina dentro da boca. A morte causou comoção nas redes sociais entre amigos, colegas e alunos de Pescador.

O soldado Armstrong , do 20º Batalhão da Polícia Militar, conta que um morador da região ligou para a polícia avisando sobre a situação e que dentro do veículo é possível ver marcas de sangue. “Um morador estava saindo para fazer seu passeio ciclístico matinal e se deparou com o carro ali aberto, quando ele se aproximou para olhar encontrou um corpo amarrado e enrolado no tapete. Há marcas de sangue no carro, agora a criminalística vai analisar, mas já é o suficiente para afirmar que trata-se de uma morte violenta”, disse o soldado.

Outras informações na Banda B

PUBLICIDADE

Recomendados