Casal é preso por agredir filho adotivo; criança está na UTI

Cotidiano

09 de dezembro de 2019 14:55

Da Redação


Relacionadas

Jovem é encontrada morta em chácara no Paraná

Paraná bloqueia fronteira para inibir entrada de foragidos

Regina Duarte aceita convite para Secretaria de Cultura

Paraná alerta sobre a interdição cautelar de cervejas
Número de inadimplentes cai em 2020
Veneno de escorpião pode ser usado para tratar tuberculose
Inscrições para o EJA terminam nesta sexta
Sarah Carvalho, de 23 anos, e Israel Antunes, de 29, foram presos em Londrina Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

Ainda de acordo com o Boletim de Ocorrência, Sarah Carvalho, de 23 anos, e Israel Antunes, de 29, disseram que teria dado umas 'chineladas e palmadas' no menino, como uma correção da sua postura

Um casal foi preso suspeito de agredir o filho adotivo em Londrina, no norte do Paraná, na noite deste domingo (8). As autoridades ficaram sabendo do caso depois que o menino, de oito anos, deu entrada no Hospital Evangélico com ferimentos graves.

A criança, que foi adotada pelo casal há dois meses, no Mato Grosso do Sul, permanece internada em estado grave, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Casal corrigiu postura do filho adotivo com chineladas e palmadas

Segundo o Boletim de Ocorrência, uma conselheira tutelar recebeu a ligação do hospital alegando que um menino estava sendo atendido no pronto-socorro com lesões tipicas de agressões.

Depois que a conselheira foi até o hospital e encontrou o menino com marcas severas de agressão física e indícios de tortura, a Polícia Militar (PM) foi acionada. Ainda de acordo com o B.O., o casal disse que teria dado umas ‘chineladas e palmadas’ no menino, como uma correção da sua postura.

O casal foi preso em flagrante e encaminhado à Central de Flagrantes de Londrina.

Com informações do site RIC Mais

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização