Mãe e padrasto matam bebê a socos e dentadas

Cotidiano

07 de janeiro de 2020 18:41

Da Redação


Relacionadas

Ano letivo de 2021: como serão os novos desafios das escolas

PM prende dupla que iria atear fogo em vítima em Maringá

Projeto Pegaí certifica 91 empresas e instituições em PG

Operação apreende 48 quilos de peixes nativos
Ratinho Junior recebe Anderson Silva no Palácio do Iguaçu
Senac abre inscrições para cursos técnicos do 1º semestre
CCR RodoNorte fará obras de manutenção na BR 277
Anthony Daniel de Andrade Moraes tinha marcas de mordidas e diversas fraturas Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

O pequeno Anthony Daniel de Andrade Moraes tinha marcas de mordidas e diversas fraturas e hematomas pelo corpo

A mãe e o padrasto de um bebê de um ano e três meses foram presos em flagrante ontem (06) suspeitas de matarem a criança em Praia Grande (SP). O pequeno Anthony Daniel de Andrade Moraes tinha marcas de mordidas e diversas fraturas e hematomas pelo corpo, segundo laudo médico. A criança chegou a ser levada, já morta, ao hospital pelo padrasto, o gráfico Ronaldo Silvestrini Júnior, 22 anos.
A polícia foi chamada depois que os enfermeiros da UPA Samambaia constataram sinais de agressão no corpo do pequeno Anthony. O padrasto foi preso por homicídio triplamente qualificado após se contradizer sobre as marcas de agressão no corpo da criança.
A mãe do bebê, Giúlia de Andrade Cândido, 21 anos, também foi detida acusada de falso testemunho, com fiança fixada em dez salários mínimos.
Exames constataram que o bebê tinha fratura no crânio, tórax, clavícula, no nariz, mandíbula e presença de sangue no ouvido e diversos hematomas na testa e no rosto.

Com informações do TNOnline

PUBLICIDADE

Recomendados