Família viaja do Paraná a São Paulo com jiboia no capô

Cotidiano

10 de janeiro de 2020 10:00

Da Redação


Relacionadas

Motoboy é alvo de ofensas racistas; veja o vídeo

TCU avalia riscos de ações à educação durante pandemia

Bancários pedem regulamentação de home office

Tecpar concede 1.º Selo de Inovação a projeto antivírus
Inflação: gasolina e eletricidade são motivos da alta de julho
Governo lança linha de crédito para transporte de passageiros
Confinamento deixa 75% dos alunos ansiosos diz pesquisa
Thyago precisou da ajuda do Corpo de Bombeiros para retirar a cobra Foto: Reprodução/Bem Paraná
PUBLICIDADE

O proprietário contou que sentiu um cheiro forte no motor, mas só decidiu verificar ao encontrar gotas de sangue no chão

Uma família viajou cerca de 650 quilômetros com uma cobra jibóia de dois metros no capô do carro e não percebeu. Eles fizeram o trajeto de Kalorê, no Noroeste do Estado, até Itupeva, em São Paulo, sem perceber a presença do animal. 

Thyago Rihayem e a família vieram passar o réveillon no Paraná e retornaram para Itupeva no dia 2 de janeiro. Somente no sábado (4), ele começou a sentir um cheiro forte no motor, mas não verificou. No domingo (5), viu gotas de sangue no chão e moscas ao redor. Ele então resolveu abrir o capô e encontraram uma cobra.

"Para nós foi um susto porque, se ela estivesse viva, a gente não sabe se ela poderia entrar no carro em movimento, ou se ela poderia sair  entrar em casa”, diz o rapaz em vídeo no Facebook. 

Sem conseguir retirar a cobra, ele precisou da ajuda do Corpo de Bombeiros. 

Leia mais no Bem Paraná

PUBLICIDADE

Recomendados