PM cria canal para ajudar crianças com doenças raras

Cotidiano

25 de fevereiro de 2020 19:20

Da Redação


Relacionadas

Faturamento da indústria cresce 11,4% no mês de maio

Jair Bolsonaro apresenta sintomas do Coronavírus

PR inicia campanha de combate à violência contra a mulher

Campanha da Rede Massa ajuda cidade atingida por ciclone
Paraná registra mais 1.291 casos e 25 mortes em 24 horas
Testes da vacina 'CoronaVac' começam no dia 20 de julho
Barriga solidária: saiba como funciona e quais as regras no Brasil
Nos vídeos, o “soldado Ziza” aparece vestido de palhaço passando mensagens de ânimo, esperança, amor, fé e solidariedade. Foto: Arquivo Pessoal
PUBLICIDADE

O canal do "soldado Ziza" já conta com 88 mil inscritos

O policial militar, Fabiano Iório, de 35 anos, criou há pouco mais de um ano um canal no YouTube para arrecadar recursos e com o dinheiro ajudar crianças que sofrem com doenças raras. Nos vídeos, o “soldado Ziza” aparece vestido de palhaço passando mensagens de ânimo, esperança, amor, fé e solidariedade.

Fabiano abriu mão da monetização do canal em um documento público, onde destina todos os recursos arrecadados para ações sociais. No momento, o objetivo do policial é ajudar um garoto autista que sofre com duas doenças raras. “Queremos levar o Breno para Barcelona, pois ele foi diagnosticado com Síndrome de Arnold Chiari e Siringomielia. Lá eles fazem a cirurgia necessária com muita tranquilidade e com 100% garantia”, disse ele.

Todos os custos da viagem somam 140 mil reais e, por enquanto, foram arrecadados 40 mil reais.

Os trabalhos sociais começaram há quatro anos e a dificuldade em conseguir doações também. “Comecei a fazer um trabalho social em Curitiba há 4 anos com o projeto ‘Soldado do Bem’. Me visto de palhaço nas horas vagas e vou para hospitais, creches e asilos. Assim acabei conhecendo algumas crianças com doenças raras e que precisam de tratamentos caros. Tentamos angariar recursos com vários eventos, mas a sociedade não está muito aberta para colaborar financeiramente”, relatou Fabiano.

Por conta das dificuldades, a ideia de criar um canal e ganhar dinheiro com a audiência no Youtube surgiu. “Então tive a sacada de criar um canal, porque ao invés de pedir dinheiro, eu peço inscritos e crio um canal grande para ter uma boa monetização”, explicou o policial.

Com a monetização do canal, já foi possível realizar um evento de Natal em 2019 na cidade de Tibagi, na região dos Campos Gerais no Paraná, que reuniu mais de 300 crianças.

Por trás do personagem

Fabiano é negro, nasceu no Rio de Janeiro em uma comunidade carente, passou fome, mas hoje se considera um vencedor. “Eu sou aquela pessoa que, teoricamente, teria que ter dado errado”, disse ele.

Na cidade natal, trabalhou no Corpo de Bombeiros por três anos e meio, mas depois da morte de seu pai decidiu buscar mais qualidade de vida para a família e se mudou para Curitiba.

Na capital paranaense, virou sargento do exército e hoje atua como policial militar no Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária.

O canal do “soldado Ziza” conta com 88 mil inscritos e se você também quiser se juntar a essa rede de solidariedade é só clicar aqui.

Informações Banda B.

PUBLICIDADE

Recomendados