UFPR e UTFPR suspendem aulas por 14 dias

Cotidiano

15 de março de 2020 15:06

Da Redação


Relacionadas

Anvisa libera importação de 6 milhões de doses da Sinovac

Saúde reforça a importância da vacinação contra a poliomielite

MC Kallebe morre afogado no Rio de Janeiro

Cartórios do PR já registraram mais de 3.700 uniões homoafetivas
Projeto de colégio agrícola estadual é finalista de prêmio
Portos do Paraná lança cartilha de proteção ao boto-cinza
Entra em vigor em novembro novo regulamento para rádio
Aulas estão suspensas por 14 dias Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Suspensão vale a partir desta segunda-feira (16), e segue até domingo, dia 29 de março


A UFPR (Universidade Federal do Paraná) e a UTFPR (Universidade Tecnológica do Paraná) decidiram neste domingo (15) suspender as atividades letivas das instituições pelo prazo de 14 dias. Já a Universidade Positivo optou pela manutenção das aulas nesta próxima semana.

A suspensão vale a partir desta segunda-feira (16) e atende “as condições de prevenção necessárias” no combate ao coronavírus, de acordo com comunicado emitido pela universidade federal.

As demais instituições de ensino superior de Curitiba, que participaram da reunião, devem decidir ao longo da semana que vem uma eventual paralisação, obedecendo seus trâmites institucionais específicos.


Reunião

Diretores de setor, pró-reitores e demais membros da comunidade da Universidade Federal do Paraná (UFPR) se reuniram nesta sexta-feira (13) para manifestar opiniões sobre a manutenção das atividades acadêmicas e administrativas durante a pandemia do novo coronavírus — que, por recomendação de órgãos internacionais de saúde, desestimula a aglomeração de pessoas.

A reunião foi aberta e serviu para perceber a preocupação, hegemônica entre os presentes, de que a situação pede medidas que ajudem a diminuir a circulação do vírus para evitar um quadro pior no futuro para a saúde pública.

“É uma situação nova, com escala inédita, que muda rapidamente”, explicou o professor Emanuel Maltempi de Souza, do Departamento de Bioquímica e Biologia Molecular da UFPR, presidente da recém-criada Comissão de Acompanhamento e Controle de Propagação do Coronavírus da instituição.

Somente na UFPR, cerca 38,8 mil alunos de graduação e de pós-graduação e quase 6 mil servidores (técnicos e docentes), em seis cidades, serão afetados pela decisão.

Leia na íntegra a nota assinada pelas quatro maiores universidades do Paraná:

“Após ouvidas as secretarias municipal e estadual de saúde e considerando as especificidades das instituições aqui presentes, chegou-se a uma conclusão consensual quanto à imensa preocupação da continuidade das atividades letivas nas instituições de ensino superior (IES).

Em razão disso e considerando as naturezas jurídicas diferentes entre as IES públicas e privadas, UFPR e UTFPR decidem suspender, a partir de amanhã, 16 de março, as atividades letivas presenciais pelo prazo de 14 dias, inclusive para planejar e atender as condições de prevenção necessárias no combate ao COVID-19 recomendadas pelas próprias autoridades públicas de saúde (a exemplo de itens de higiene como álcool gel e sabonetes, praticamente ausentes no mercado).

As demais instituições presentes, em razão das suas especificidades, irão, a partir desta segunda-feira, encaminhar reuniões para definir eventual e progressiva suspensão de suas atividades.

Certas de que possuem um compromisso com a ciência e com as suas respectivas comunidades universitárias, e compromissadas com o diálogo permanente com as secretarias de saúde, as IES também partilham da preocupação de orientar e conscientizar seus alunos, docentes e funcionários com relação ao coronavírus e manifestam sua vigilância para a prevenção e o combate à pandemia.

Assinam esta nota os reitores da UFPR, PUC, UTFPR e Positivo”.

Positivo mantém aulas

O Colégio Positivo emitiu uma nota à imprensa, informando que manterá as aulas: O Colégio Positivo comunica que as aulas das unidades de Curitiba, Londrina, Ponta Grossa, Cascavel e Joinville estão mantidas durante esta semana (16 a 20 de março). A situação da evolução do COVID19 (coronavírus) será reavaliada diariamente e novos comunicados poderão ser divulgados, caso necessário.


Com informações da Banda B

PUBLICIDADE

Recomendados