Kit merenda será padronizado a partir da próxima semana

Cotidiano

15 de maio de 2020 19:40

Agência Estadual de Notícias


Relacionadas

Paraná perde 55 mil postos de trabalho em um mês

Sobrevivente tem 40 vezes mais anticorpos para a Covid-19

No PR, auxílio foi pago ilegalmente a 10,6 mil servidores

Carga de cervejas é liberada para população após acidente
Publicada com vetos lei sobre ajuda a estados e municípios
Paraná proíbe pesca em rios durante crise hídrica
Curitiba chega a 40ª morte e tem quase 100 pacientes internados
Medida auxilia na organização do processo de distribuição de alimentos nas escolas Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Medida auxilia na organização do processo de distribuição de alimentos nas escolas

A partir desta quarta-feira (20) os kits da alimentação escolar serão padronizados, conforme determinação do Governo do Estado. A medida auxilia na organização do processo nas escolas e ainda contribui para diminuir o contato com os produtos alimentícios. A qualidade dos itens adquiridos também está mantida. Os kits são distribuídos às famílias cadastradas em programas sociais e em situação de vulnerabilidade.

Com a padronização, os produtos já chegam embalados e prontos para a distribuição, o que propicia uma maior agilidade para a entrega e um menor contato dos produtos por parte das pessoas. “Nosso principal objetivo foi aperfeiçoar o método de entrega dos kits da alimentação escolar às famílias que precisam nesse momento tão difícil”, afirmou o diretor-presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar), José Maria Ferreira.

Ele disse esperar que a dinâmica nas escolas seja facilitada, diminuindo a necessidade de mão de obra na separação de alimentos e consequentemente agilizando a distribuição, evitando a aglomeração e a grande movimentação de pessoas.

O investimento é cerca de R$ 34,7 milhões para a aquisição de mais de 8,8 mil quilos organizados em 680 mil kits já prontos para serem distribuídos. Será composto por um pacote de 5kg de arroz, dois pacotes de 1 kg de feijão, dois pacotes de 1 kg de farinha milho, quatro pacotes 500g de macarrão espaguete, uma unidade de 900 ml óleo de soja e três unidades de 340 g molho de tomate pronto.

Em maio a previsão é de que os kits da alimentação escolar cheguem em todas as escolas estaduais nos dias 20 e 21 de maio e 3, 4, 17 e 18 de junho para serem distribuídos às famílias cadastradas.

As escolas estaduais já receberam orientações para o recebimento dos kits contendo os produtos da alimentação escolar e para a atualização das informações no sistema de controle.

Ainda houve recomendação sobre os cuidados necessários para evitar a propagação do vírus durante o processo de distribuição, como o uso de máscaras, lavagem das mãos, higienização com álcool 70% e não permitir aglomerações de pessoas.


Agricultura Familiar

A entrega dos produtos da agricultura familiar acompanha o cronograma dos kits padronizados. A previsão é de mais de 15 milhões de quilos de produtos adquiridos de 179 associações e cooperativas de pequenos agricultores que chegarão às escolas, entre frutas, verduras, legumes, hortaliças, temperos, panificados, sucos, entre outros. Um investimento previsto perto de R$ 86 milhões nos próximos meses.

PUBLICIDADE

Recomendados