Governo divulga protocolo que libera uso de cloroquina no SUS

Cotidiano

20 de maio de 2020 11:50

Da Redação


Relacionadas

Governo destinará R$ 500 mi para proteger a Amazônia

Estado envia 2 mil máscaras de acrílico para servidores

Paraná segue sem registro de novos casos de sarampo

MEC anuncia repasse de R$ 200 milhões para universidades
Paraná confirma mais 1.840 casos e 22 mortes por Covid-19
Evento debate tendências do comportamento e consumo
MP-PR estipula R$ 100 mil em multa para festa clandestina
O termo indica que "a cloroquina e a hidroxicloroquina podem causar efeitos colaterais Foto: Reprodução/Pixabay
PUBLICIDADE

Segundo o protocolo, o paciente terá que assinar um termo de consentimento a respeito da aplicação do medicamento

O Ministério da Saúde divulgou hoje um protocolo para aplicação da cloroquina e hidroxicloroquina em pacientes em todos os casos, inclusive os com sintomas leves, para tratar do novo coronavírus. O protocolo, que sugere a combinação dos dois medicamentos com azitromicina, é uma orientação para a rede pública de saúde.

O uso do medicamento é defendido pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e foi o principal ponto de divergência com o ex-ministro da Saúde Nelson Teich, que deixou o cargo na semana passada. O protocolo foi publicado no momento em que o ministério é comandado interinamente pelo general Eduardo Pazuello. 

Pesquisas não comprovam a eficiência da droga, sociedades médicas do Brasil recomendam não usar a droga e até a Opas (Organização Pan-Americana da Saúde) reforçou ontem que desaconselha seu uso.

Leia mais em UOL

PUBLICIDADE

Recomendados