Morador sente cheiro de gás, acende isqueiro e explode casa

Cotidiano

20 de maio de 2020 16:48

Da Redação


Relacionadas

PR se destaca por oferta de atividades aos presos

Governo entrega cestas básicas para famílias da região

Milton Ribeiro é o novo Ministro da Educação

Estado reforça ações contra a violência doméstica
Dia da Pizza: nutricionista destaca opções saudáveis
Paraná registra mais 47 mortes pela Covid-19
Ambev produz equipamento médico em impressora 3D
Não houve feridos, porém a estrutura da residência foi toda comprometida Foto: Correio de SC
PUBLICIDADE

Proprietário foi “testar” se havia vazamento utilizando um isqueiro perto da válvula. Resultado: houve uma explosão abaixo da casa

Na manhã desta terça-feira (19) a equipe do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC), em Santo Amaro da Imperatriz, foi acionada para atender uma explosão em uma residência por conta de um vazamento de gás.

Segundo o CBM, o proprietário trocou o botijão de gás no último domingo e desde então sentia o cheiro de gás. Nessa terça, o morador foi “testar” se havia vazamento utilizando um isqueiro perto da válvula. Resultado: houve uma explosão abaixo da casa.

Não houve feridos, porém a estrutura da residência foi toda comprometida, sendo necessário a interdição da casa.

O chefe de perícia de incêndio e explosões do corpo de bombeiros, capitão Ismael Mateus Piva, explica: “o morador não se feriu neste caso porque GLP não ficou acumulado junto ao abrigo e com isso se dissipou por baixo da casa, gerando a explosão e comprometendo a estrutura da casa. Se estivesse acomodado em um local ventilado, externo, não teria acontecido”, diz.

Infelizmente, segundo os bombeiros, esta não é uma prática incomum. Mas o estrago poderia ter sido evitado, caso o cidadão tivesse feito o teste com uma esponja e sabão. Para fazer o teste, a forma mais indicada é que as pessoas façam uma espuma e coloquem na válvula. Se borbulhar, é sinal de que está com vazamento.

 

Com informações do Correio

PUBLICIDADE

Recomendados