PF cumpre mandados na residência de Witzel

Cotidiano

26 de maio de 2020 07:43

Da Redação


Relacionadas

Deputado Hussein Bakri diz estar curado do Covid-19

Três hospitais capital e um do litoral tem UTIs 100% ocupadas

PR contabiliza 918 casos e 24 mortos Covid nas últimas 24h

Filho do empresário Angeloni morre em acidente na BR-101
Passageira morre após carro atingir placa de concreto
Cinco apostas foram sorteadas na Quina de São João
Covid-19 matou 57 mil pessoas desde março no Brasil
Foto: Arquivo JM
PUBLICIDADE

São 12 mandados de busca no Rio e em São Paulo e não há pedido de prisão contra o governador

A Polícia Federal deflagrou nesta terça uma operação para cumprir mandados de busca na residência oficial do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel.

O Radar, da Revista apurou que não há mandado de prisão contra o governador e que os mandados foram expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça a partir do inquérito que investiga as compras emergenciais do governo na pandemia.

A Polícia Federal batizou a ação de “Operação Placebo”. “Elementos de prova, obtidos durante investigações iniciadas no Rio de Janeiro pela Polícia Civil, pelo Ministério Público Estadual e pelo Ministério Público Federal naquele estado foram compartilhados com a Procuradoria-Geral da República no bojo de investigação em curso no Superior Tribunal de Justiça e apontam para a existência de um esquema de corrupção envolvendo uma organização social contratada para a instalação de hospitais de campanha e servidores da cúpula da gestão do sistema de saúde do Estado do Rio de Janeiro”, diz a PF.

Estão sendo cumpridos 12 Mandados de Busca e Apreensão nos estados de São Paulo/SP e Rio de Janeiro/RJ.

PUBLICIDADE

Recomendados