PRF adota gato arremessado de carro e autua condutor

Cotidiano

29 de maio de 2020 14:55

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Mais de 70 mil imóveis seguem sem energia no Paraná

Mega-Sena sorteia R$ 27 milhões neste sábado

Governo destinará R$ 500 mi para proteger a Amazônia

Estado envia 2 mil máscaras de acrílico para servidores
Paraná segue sem registro de novos casos de sarampo
MEC anuncia repasse de R$ 200 milhões para universidades
Paraná confirma mais 1.840 casos e 22 mortes por Covid-19
Foto: Reprodução PRF
PUBLICIDADE

Crime aconteceu na tarde dessa quinta-feira (28) em Santa Catarina. Agente da PRF alimentou animal que não aparentou ferimentos aparentes

Na tarde dessa quinta-feira, na BR-116 no município de São Cristóvão do Sul, em Santa Catarina, uma ação chamou a atenção pelos aspectos de crueldade e solidariedade. Um motorista de um Logan que circulava pela rodovia atirou um filhote de gato pela janela do veículo. O crime foi visto por dois agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O condutor tem 39 anos e a ação gerou um termo circunstanciado. “Vimos tudo, ele chegando no acostamento, abrindo o vidro e arremessando o animalzinho. Disse que não tinha condições de cria-lo”, destaca o policial João Paulo Haas em entrevista ao GaúchaZH.

Apesar da ação impactante, o filhote macho de um mês teve um final feliz: não sofreu ferimentos aparentes, foi alimentado pelo próprio policial que, na sequência, resolveu adotar o animal. “Só estou pensando no nome, vou deixar para o meu sobrinho batizar”, complementa Haas.

Leia a matéria completa no portal GaúchaZH.

PUBLICIDADE

Recomendados