Mulher de Queiroz aparece e cumprirá prisão domiciliar

Cotidiano

11 de julho de 2020 18:54

Agência Brasil


Relacionadas

Produtos na saída das fábricas têm inflação de 0,61% em junho

Mais de 60% vão usar FGTS para pagar dívidas e poupar

Comida Boa: Beneficiários têm mais uma semana para compras

Fies encerra inscrições nesta sexta-feira
Conselho em lei de fake news gera embates sobre sua função
Bolsonaro diz que está tomando antibiótico
Receita adia restrição para atendimento presencial
Por decisão judicial, Márcia Aguiar usará tornozeleira eletrônica Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Por decisão judicial, Márcia Aguiar usará tornozeleira eletrônica

Márcia Aguiar, mulher de Fabrício Queiroz, voltou à sua casa depois de conseguir liberação da Justiça para cumprir prisão domiciliar junto com o marido. A informação foi divulgada pelo advogado do casal, Paulo Emílio Catta Preta.

Márcia estava foragida desde 18 de junho, quando o Ministério Público fez uma operação para prender o casal. Naquele dia, Queiroz foi preso em Atibaia, São Paulo, na casa de Frederick Wassef, que, na época, era advogado da família do presidente Jair Bolsonaro. Queiroz deixou o complexo penitenciário de Bangu, no Rio de Janeiro, ontem (11).

A mulher de Queiroz, no entanto, não foi localizada na ocasião e era considerada foragida. Com o benefício da prisão domiciliar concedida ao casal, Márcia já está em casa, no bairro da Taquara, na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro.

A Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap) informou, por meio de nota, que aguarda o comparecimento de Márcia na Coordenação de Patronato Magarino Torres para para que seja instalada a tornozeleira eletrônica, conforme decisão judicial.

Queiroz é investigado em um esquema de “rachadinha” na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, quando ele era assessor do então deputado estadual e hoje senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ).

No dia 18 de junho, o senador Flávio Bolsonaro disse, pelo Twitter, que encarava a prisão do ex-assessor cm tranquilidade e que a verdade iria prevalecer.

PUBLICIDADE

Recomendados