Saiba o que muda com a PEC que altera eleições municipais

Cotidiano

13 de julho de 2020 09:20

Rádio Agência Nacional


Relacionadas

WhatsApp ganha recurso de verificação de mensagem

Paraná já conta com R$ 200 milhões para compra de vacinas

Confiança do empresário sobe pelo terceiro mês seguido

Mourão manifesta preocupação com incêndios na Amazônia
Mercado acredita em redução da taxa Selic nesta semana
Divulgado calendário do auxílio emergencial de quem contestou
BNDES terá mais recursos para recuperação de resíduos sólidos
A Proposta de Emenda Constitucional (PEC), foi promulgada pelo Congresso e altera o calendário eleitoral, para adiar o dia das eleições municipais em 2020. Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal
PUBLICIDADE

Quem responde é o Dr. Hélio da Silveira, especialista em Direito Eleitoral

O Revista Brasil volta a falar do adiamento das eleições deste ano e para falar sobre o tema, foi entrevistado o advogado Hélio da Silveira, especialista em Direito Eleitoral.

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC), foi promulgada pelo Congresso e altera o calendário eleitoral, para adiar o dia das eleições municipais em 2020. 

Sobre a prorrogação do processo eleitoral pelo TSE, em 42 dias, ele afirma que o calendário será concluído e a realização das eleições precisa ocorrer, o que é democrático.

O especialista acredita que a propaganda em rádio e televisão é essencial, pois as plataformas digitais não chegam para todos.

Segundo ele, a obrigatoriedade das eleições é uma conquista do país e em outros países a desobrigação têm causado transtornos.

" Realizar uma eleição em meio á pandemia será um desafio", afirma.

Informações de Revista Brasil/EBC

PUBLICIDADE

Recomendados