Bakri apresenta sugestões para retorno das aulas no Paraná

Cotidiano

15 de julho de 2020 14:25

Da Redação


Relacionadas

WhatsApp ganha recurso de verificação de mensagem

Paraná já conta com R$ 200 milhões para compra de vacinas

Confiança do empresário sobe pelo terceiro mês seguido

Mourão manifesta preocupação com incêndios na Amazônia
Mercado acredita em redução da taxa Selic nesta semana
Divulgado calendário do auxílio emergencial de quem contestou
BNDES terá mais recursos para recuperação de resíduos sólidos
Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

Deputado apresentou à SEED sugestões da Comissão de Educação da Assembleia sobre o retorno das aulas presenciais 

Indicado como representante da Assembleia Legislativa no comitê que discute o retorno das aulas presenciais no Paraná, o deputado Hussein Bakri (PSD) destacou a importância do grupo para estabelecer um plano robusto e unificado de reabertura das escolas – públicas e privadas. 

Ao participar de sua primeira reunião virtual da comissão nesta terça-feira (14), o parlamentar ressaltou que qualquer decisão tomada vai levar em conta o monitoramento da pandemia feito pela Secretaria da Saúde (SESA). Uma proposta final de data e protocolo para volta às aulas será apresentada aos epidemiologistas da pasta no dia 28 de julho. 

“A preocupação número um deve ser a segurança dos milhares de alunos, professores e funcionários. E, para além do monitoramento da doença em si, há toda uma questão logística que precisará ser trabalhada quanto à estruturação de salas e materiais e à compra de termômetros, máscaras, álcool e produtos de limpeza. Portanto, nada será feito de forma precipitada e sem o respaldo das autoridades médicas e sanitárias”, afirmou Hussein Bakri.

Líder do Governo e Presidente da Comissão de Educação da Assembleia, o parlamentar explicou que, durante esta semana, os integrantes do comitê estão debatendo individualmente com a Secretaria da Educação (SEED) e apresentando contribuições com dados e propostas sobre o retorno das aulas. Na reunião desta terça-feira, Hussein Bakri apresentou ao Diretor-Geral da pasta, Gláucio Dias, sugestões colhidas entre os membros da Comissão de Educação. 

Com todas as propostas em mãos, o comitê vai estruturar um protocolo ao longo da semana que vem e apresentá-lo à SESA no dia 28. Uma vez aprovado o plano, a intenção é validar o documento final no dia 30.

“Qualquer decisão será tomada em conjunto entre as autoridades estaduais e municipais, Assembleia, Ministério Público, representantes de pais e mestres, sindicatos da rede pública e da rede privada. O cenário é complexo e, quanto maior o debate, mais respaldada estará a decisão que vier a ser tomada”, disse Hussein Bakri.

Possíveis cenários 

A Secretaria da Educação estuda alguns cenários para o retorno das aulas no Paraná. A discussão foi levada, inclusive, ao Conselho Nacional de Secretários da Educação (Consed), onde está sendo tratada a nível nacional.

Os principais cenários envolvem turmas menores, com distanciamento entre os estudantes. Nesse caso, seria necessário mais espaço físico e um maior número de professores. Um segundo modelo estudado é o de um retorno “híbrido”, no qual as turmas revezariam entre aulas presenciais e não presenciais no esquema “dia sim, dia não”.

Há ainda preocupações com os protocolos que serão adotados na alimentação e no transporte – dois momentos de grande aglomeração entre os alunos.

As informações são da assessoria. 

PUBLICIDADE

Recomendados