Ministro Ramos entra para reserva remunerada do Exército

Cotidiano

16 de julho de 2020 11:40

Agência Brasil


Relacionadas

Três morrem em confronto com a Rone após assalto em Curitiba

Sesa vai reativar a produção de soro contra picadas de cobras

Casados há 67 anos, idosos morrem no mesmo dia de covid

Fiocruz vai produzir 100 milhões de vacinas contra covid-19
Campanha Agosto Dourado incentiva aleitamento materno
Mega-Sena pode pagar R$ 23 milhões neste sábado
Julho registra 60% das mortes e 66% das infecções por covid-19
O general serve às Forças Armadas desde 1973, quando entrou na Escola Preparatória de Cadetes do Exército. Foto: Reprodução/Agência Brasil/PR
PUBLICIDADE

Decreto foi publicado hoje no Diário Oficial 

O ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, foi transferido para a reserva remunerada do Exército. O decreto de transferência, assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, foi publicado hoje (16) no Diário Oficial da União e tem validade a partir de 15 de julho.

No mês passado, o ministro já havia anunciado que anteciparia o fim do serviço ativo no Exército e passaria para a reserva. O general serve às Forças Armadas desde 1973, quando entrou na Escola Preparatória de Cadetes do Exército. Mas desde quatro de julho do ano passado, quando assumiu a Secretaria de Governo, já estava afastado do Alto Comando do Exército.

Quando foi convidado por Bolsonaro para fazer parte do governo, o general estava à frente do Comando Militar do Sudeste.

PUBLICIDADE

Recomendados