Projeto prevê parcelamento do IPVA 2020

Cotidiano

21 de julho de 2020 16:17

Da Redação


Relacionadas

ALEP aprova projeto que autoriza 200 Colégios Cívico-Militares no PR

Problemas na saúde causam milhares de acidentes

Contas públicas podem ter déficit de R$ 871 bi este ano

Procurador do MP aponta mudanças nas Eleições 2020
Paulo Eduardo Martins defende nome discreto para o STF
Programa de arrecadação de brinquedos entra na reta final
PR confirma 832 novos casos e 20 óbitos pela Covid-19
PUBLICIDADE

Pela proposta paranaenses poderão parcelar em até 6 vezes o IPVA 2020 que estiver atrasado, devido ao momento da pandemia do novo coronavírus

O Governador Ratinho Junior enviou à Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (21), dois projetos de lei que concedem alívio financeiro aos motoristas paranaenses em decorrência dos reflexos provocados pela pandemia do coronavírus. Segundo o Líder do Governo na Casa, deputado Hussein Bakri (PSD), as propostas permitem que o IPVA 2020 – vencido ou ainda não pago – seja parcelado em até 6 vezes, e isentam o pagamento das diárias dos pátios do Detran e da PM. Ambos os textos serão votados em regime de urgência pelos parlamentares.

“São duas medidas muito importantes para não sobrecarregar ainda mais as finanças dos milhares de paranaenses que vêm sofrendo enormes dificuldades em meio à pandemia. Mais do que nunca, o Governo deve ser parceiro da população e oferecer as condições possíveis para que todos sofram o mínimo de impacto agora, para retomarem suas vidas rapidamente ao final dessa crise”, afirmou Hussein Bakri.

De acordo com a mensagem 42/2020, o IPVA 20200 poderá ser parcelado em até 6 vezes, com parcelas mínimas de R$ 106,60. Os pedidos de parcelamento deverão ser feitos até 17 de agosto no site da Secretaria da Fazenda e, assim que o primeiro pagamento for realizado, o Detran poderá emitir o licenciamento do veículo.

Já a mensagem 41/2020 estabelece a isenção do pagamento das diárias dos pátios do Detran e da PM, no período correspondente entre a entrada em vigor da lei e a retomada do atendimento presencial nas unidades do Detran – que hoje está suspenso. Apenas a primeira diária deverá ser paga obrigatoriamente, pois diz respeito ao recolhimento do veículo ao pátio.

O projeto ainda perdoa os créditos tributários gerados a partir das taxas de estada nos pátios desde o início da pandemia, entre 19 de março e a data de entrada em vigor da nova lei. Quem tiver quitado diárias nesse período poderá solicitar o reembolso junto ao Detran.

Com informações das assessorias

PUBLICIDADE

Recomendados