Contas públicas devem fechar o ano com déficit de R$ 787 bi

Cotidiano

22 de julho de 2020 20:30

Agência Brasil


Relacionadas

Refluxo pode aumentar risco de morte por covid-19, diz estudo

Brasil adere a aliança para viabilizar vacina contra a covid

Senai vai qualificar trabalhadores para indústria 4.0

TRE torna Crivella inelegível até 2026 por abuso de poder
Confronto após assalto deixa três mortos no Paraná
Doenças causadas pelo estresse podem comprometer os batimentos cardíacos
Saúde atualiza procedimentos para aborto no SUS
Projeção anterior era de R$ 540,53 bilhões Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Projeção anterior era de R$ 540,53 bilhões

Com a recessão econômica provocada pela pandemia de covid-19, o governo elevou mais uma vez a previsão para o déficit nas contas públicas. Segundo projeção do Relatório Bimestral de Avaliação de Receitas e Despesas, divulgado hoje (22), pelo Ministério da Economia, o déficit primário deve chegar a R$ 787,45 bilhões.

O déficit primário representa o resultado negativo nas contas do governo, desconsiderando os juros da dívida pública. No relatório anterior, divulgado em maio, o ministério previa que o déficit nas contas públicas ficaria em R$ 540,53 bilhões.

O ministério fez as projeções com base em uma previsão de queda do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, em 4,7%.

PUBLICIDADE

Recomendados