Estado entrega kits de proteção individual a 115 municípios

Cotidiano

28 de julho de 2020 19:20

Agência Estadual de Notícias


Relacionadas

Primeira parcela do auxílio residual será paga amanhã

Crianças têm chances 44% menores de contrair covid-19

ALEP aprova projeto que autoriza 200 Colégios Cívico-Militares no PR

Problemas na saúde causam milhares de acidentes
Contas públicas podem ter déficit de R$ 871 bi este ano
Procurador do MP aponta mudanças nas Eleições 2020
Paulo Eduardo Martins defende nome discreto para o STF
Ao todo, foram adquiridos mais de 500 mil itens Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Ao todo, foram adquiridos mais de 500 mil itens

A Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho está entregando Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) às instituições de longa permanência para idosos e entidades de atendimentos que abrigam idosos. Até o momento, já foram beneficiadas 335 instituições, em 155 municípios do Paraná. A ação conta com apoio dos 24 Escritórios Regionais da Secretaria.

“Neste momento é fundamental ajudar quem mais precisa. Prioritariamente foram beneficiadas pessoas idosas e trabalhadores das instituições”, destacou o secretário Mauro Rockenbach.

Ao todo foram adquiridos mais de 500 mil itens entre luvas, toucas, aventais, máscaras N95 e TNT, óculos de proteção, termômetro, frascos de álcool gel, litros de água sanitária. 

Os recursos são oriundos do Fundo Estadual do Idoso (Fipar), conforme deliberado pelo Conselho Estadual dos Direitos do Idoso (Cedi-PR).

Segundo a coordenadora interina do Departamento de Políticas para a Pessoa Idosa, Adriana Oliveira, essa é mais uma ação com apoio do Conselho para ações exclusivas de garantia, proteção e atendimento a pessoa idosa prioritariamente nas instituições de longa permanência onde estão os grupos de idosos mais vulneráveis. “Esses equipamentos vão fazer toda a diferença não só para a vida das pessoas que atuam no dia a dia nas instituições, mas para os profissionais que estão na linha de frente”, disse. 


Interiorização

Os Escritórios Regionais da Secretaria atuam na ponta com os municípios e são responsáveis pelo desenvolvimento das ações nas diversas áreas sociais: assistência social, criança e adolescente, idoso, pessoa com deficiência, garantia de direitos, consumidor, emprego, socioeducação, mulher e juventude.

“Com o apoio dos escritórios regionais está sendo possível promover uma integração e articulação da política pública em conjunto com os profissionais que atuam na ponta”, afirmou Rockenbach.

PUBLICIDADE

Recomendados