Divulgado calendário do auxílio emergencial de quem contestou

Cotidiano

03 de agosto de 2020 13:20

Rádio Agência Nacional


Relacionadas

Saúde discute adequações de segurança nos hospitais

Ataque com faca deixa quatro feridos em Paris

Brasil alcança 86,4% de recuperados da covid-19

Auxílio emergencial chega a R$ 207,9 bi em pagamentos
Venda de pães sem glúten registra crescimento de 89,9%
Ministério do Turismo libera R$ 2 bilhões para apoiar a cultura
Refluxo pode aumentar risco de morte por covid-19, diz estudo
O calendário segue até o dia 26 de agosto, quando poderão receber a primeira parcela os nascidos no mês de dezembro. Foto: Reprodução Agência Brasil
PUBLICIDADE

Segundo a DataPrev, mais de 805 mil pessoas conseguiram ter direito ao auxílio após contestarem o primeiro resultado que negou o acesso ao benefício

O governo federal divulgou, nesta segunda-feira (03), o calendário da primeira parcela do auxílio emergencial para os trabalhadores que tiveram o pedido negado e recorreram na plataforma digital entre os dias 24 de abril e 19 de julho.

Segundo a DataPrev, órgão responsável por processar os dados do programa, mais de 805 mil pessoas conseguiram ter direito ao auxílio após contestarem o primeiro resultado que negou o acesso ao benefício. Esse grupo poderá receber o dinheiro a partir desta quarta-feira, dia 5 de agosto, quando será creditado o auxílio para os nascidos entre janeiro e maio. O calendário segue até o dia 26 de agosto, quando poderão receber a primeira parcela  os nascidos no mês de dezembro.

Ainda  entram neste novo calendário os beneficiários que receberam a primeira parcela em abril, mas tiveram o recurso bloqueado depois disso. Esse grupo deve receber a terceira e quarta parcela de uma só vez também a partir dessa quarta-feira (05). Esse calendário permite ao beneficiário ter acesso ao recurso para o pagamento de boletos ou transferências digitais.

Já para sacar o dinheiro em espécie o calendário é outro, que começa no próximo sábado, dia 8 de agosto, para quem nasceu entre janeiro e abril. O calendário de saques para este grupo de beneficiários segue até o dia 17 de setembro, quando poderão sacar os recursos os trabalhadores que nasceram no mês de dezembro.

PUBLICIDADE

Recomendados