Leitos para Covid já receberam mais de 11 mil pacientes no PR

Cotidiano

04 de agosto de 2020 18:00

Agência Estadual de Notícias


Relacionadas

Estudantes com Fies podem suspender pagamentos

Helicóptero da PM auxilia para conter chamas em Ilha Grande

Mulher é assassinada dentro de casa de acolhimento

Primeiro caça Gripen brasileiro voa no Brasil
PR terá queda nos números da Covid entre 30 e 40 dias
Político acusado de assassinato é preso no Paraná
Caixa paga R$ 300 a 1,6 milhão beneficiários do Bolsa Família
O Estado já disponibilizou 2.742 leitos Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

O Estado já disponibilizou 2.742 leitos

Dados da Secretaria da Saúde do Paraná apontam que mais de 11,1 mil pacientes já foram internados nos leitos exclusivos Covid-19, desde o início da pandemia e até está segunda-feira (3). O levantamento realizado pela equipe de Regulação de Leitos da Secretaria mostra que 130 dias após a implantação deste atendimento exclusivo, o Estado já disponibilizou 2.742 leitos. Inicialmente o número era de 264 no total. Atualmente o Paraná possui 1.074 leitos de UTI Adulto, 1.549 de enfermaria, 49 de UTI Pediátrica e 70 de enfermaria também Pediátrica.

No total 54 hospitais estão incluídos no plano. O secretário da Saúde, Beto Preto, explica que a estratégia de oferta de leitos exclusivos faz parte do plano de fortalecimento da rede hospitalar. “No Paraná, o Governo do Estado optou pela ampliação da estrutura hospitalar já existente, fortalecendo a rede própria e também evitando a disseminação do vírus nas unidades de saúde, pois o paciente fica isolado. Essa estrutura é praticamente uma nova rede”, disse Beto Preto.


UNIDADES PRÓPRIAS 

Três hospitais regionais que estavam em construção tiveram suas obras adiantadas e foram inaugurados para atendimento exclusivo à Covid-19. Após a pandemia, eles atenderão outras especialidades.

Somando essas as três unidades - de Guarapuava, Ivaiporã e Telêmaco Borba – são 55 leitos de UTI Adulto e 140 enfermarias à disposição de casos suspeitos ou confirmados com coronavírus.

O Paraná chega, neste período da pandemia, com a ampliação da rede, muito próximo do número de leitos já existentes e habilitados nos últimos 30 anos. Além dos hospitais regionais, o Governo do Estado também reforçou a estrutura dos hospitais universitários, contratualizou serviços com hospitais públicos, filantrópicos e privados.

“Montamos praticamente uma nova estrutura hospitalar. É como se o Paraná, em 130 dias, tivesse quase dobrado o número de leitos já existentes pelo Sistema Único de Saúde neste período. Ou seja, é um esforço muito grande da nossa estratégia, sob orientação do governador Ratinho Júnior”, acrescentou o secretário.

PUBLICIDADE

Recomendados