Paraná incentiva participação de jovens na política brasileira

Cotidiano

13 de agosto de 2020 12:40

Agência Estadual de Notícias


Relacionadas

Batida frontal mata uma pessoa em Pitanga

Planeta Terra terá uma nova lua a partir de outubro de 2020

Polícia prende dupla com ‘droga do estupro’ no Paraná

Média de mortes por covid-19 no Brasil cai 10,35%
Termina hoje prazo para pedir registro de candidatura
Acumulada, Mega-Sena deve pagar R$ 50 mi neste sábado
Brasil ultrapassa as 140 mil mortes por covid-19
A transmissão ao vivo pela internet contou com lideranças jovens do Paraná e proporcionou o debate de variados temas relacionados ao universo jovem. Foto: Reprodução/AEN
PUBLICIDADE

Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho promoveu nesta quarta-feira (12) a live “Juventude Paraná e Protagonismo”

A Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho promoveu nesta quarta-feira (12) a live “Juventude Paraná e Protagonismo”, sobre a importância da participação deste público na política brasileira. O evento realizado no Dia Internacional da Juventude ocorreu por meio da Coordenação de Políticas Públicas para a Juventude e do Conselho Estadual da Juventude (Cejuv), em parceria com a IYD Brasil.

A transmissão ao vivo pela internet contou com lideranças jovens do Paraná e proporcionou o debate de variados temas relacionados ao universo jovem e à importância da participação da sociedade civil na definição das políticas públicas para garantir o combate a vulnerabilidade juvenil no Paraná. 

“Temos muito a avançar na área da juventude, principalmente na criação e manutenção de programas com base na concepção democrática dos jovens como sujeitos de direitos”, disse o secretário da pasta, Mauro Rockenbach.

Semana da Juventude – Outras lives foram promovidas em comemoração à semana da juventude. No dia 3 de agosto, o tema discutido foi “Estatuto da Juventude – 7 Anos de avanços ou desafios”, com a participação de Isaac Ferreira (vice-presidente do Conselho da Igualdade Racial); Samuel Tives (coordenador de Políticas para a Juventude); Fauze Salmen (presidente do Conselho Estadual da Juventude); Larissa Marsolik (assessora técnica da Coordenação da Política da Juventude) e Marcos Costa (vice-presidente do Conselho Estadual da Juventude).

Na terça, 04 de agosto, a discussão girou em torno do tema “Participação Social e os Conselhos de Juventude”, com a presença de Rafael Davi (presidente do Conselho Nacional da Juventude); Fauze Salmen (presidente do Conselho Estadual da Juventude); Marcos Costa (vice-presidente do Conselho Estadual da Juventude); Paulo Gustavo de Lima Ribas (Conselho Municipal de Maringá); Alyson Fernandes (conselheiro estadual da Juventude).

No dia 05 o debate foi sobre as foi “Perspectivas para a Juventude: Pós-Pandemia e Empregabilidade”, com Guto Silva (chefe da Casa Civil); Samuel Tives (coordenador de Políticas para a Juventude); Alex Sandro (conselheiro estadual da Juventude); Carlos Eduardo (conselheiro estadual da Juventude); Luiz Fernando Obladen Puyol (conselheiro estadual da Juventude).

“Eleições Municipais: e eu com isso? Participação Social e Visibilidade das Juventudes no Processo Eleitoral”, foi o tema da live do dia 06. Participaram Rafael Davi (presidente do Conselho Nacional da Juventude); Fauze Salmen (presidente do Conselho Estadual da Juventude); Samuel Tives (coordenador de Políticas para a Juventude); Larissa Marsolik (assessora técnica da CPJ); Danilo Buss (conselheiro estadual da Juventude); Diego Henrique (conselheiro estadual da Juventude).

Na sexta-feira (07), a conversa foi acerca das “Políticas Públicas para as Juventudes: Atribuições dos Gestores nas três esferas de Governo”. A live Maria Eduarda Dinardi (assessora da Secretaria Nacional da Juventude); Samuel Tives (coordenador de Políticas para a Juventude); Valtair Moura e Isabela Olsen (Secretaria Municipal da Juventude de Toledo); Larissa Marsolik (assessora técnica da CPJ); Luana Florentino (conselheira estadual da Juventude).

A Data - O Dia Internacional da Juventude foi criado em 1999 pela Organização das Nações Unidas, como uma celebração anual do papel essencial dos jovens para gerar mudanças e também aumentar a conscientização sobre os desafios e problemas enfrentados pela juventude mundial. Anualmente, a ONU promove um tema e convida a todos a promoverem atividades, eventos, projetos em torno da juventude.

PUBLICIDADE

Recomendados