Ministro do Turismo testa positivo para covid-19

Cotidiano

18 de setembro de 2020 13:20

Agência Brasil


Relacionadas

Fomento Paraná já concedeu R$ 555 milhões em crédito

Estado pagou R$ 75 milhões em leitos exclusivos para Covid-19

Paulo Martins critica ocupação da SEED em Curitiba

Menina atingida por raio em praia é enterrada
Bakri critica ocupação do prédio da Seed por sindicatos
STF: Fachin vota por derrubar isenção fiscal a agrotóxicos
PRE recebe novas viaturas no aniversário de 56 anos
O ministro encontra-se assintomático e seguirá trabalhando de casa, adotando todos os protocolos recomendados pelo Ministério da Saúde", diz nota da pasta. Foto: Reprodução/Agência Brasil
PUBLICIDADE

Marcelo Álvaro Antônio segue despachando de casa sem sintomas 

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio é o nono da equipe do presidente Jair Bolsonaro infectado pela covid-19. Segundo a assessoria do Ministério, Álvaro Antônio não tem sintomas da doença. "O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, testou positivo para coronavírus nesta sexta-feira (18). O ministro encontra-se assintomático e seguirá trabalhando de casa, adotando todos os protocolos recomendados pelo Ministério da Saúde", diz nota da pasta.

Na última quarta-feira (16), o ministro do Turismo participou de um almoço com o presidente Bolsonaro e a bancada evangélica e em seguida da posse, no Palácio do Planalto, do general Eduardo Pazuello como ministro efetivo da Saúde.

Outras autoridades

Essa semana várias autoridades que estiveram na posse do ministro Luiz Fux como presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) também testaram positivo para covid-19. Na lista, além do próprio Fux, estão o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o procurador-geral da República, Augusto Aras.

Na equipe ministerial os outros ministros já tiveram o novo coronavírus foram Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Bento Albuquerque (Minas e Energia), Milton Ribeiro (Educação), Onyx Lorenzoni (Cidadania), Marcos Pontes (Ciência, Tecnologia e Inovações), Wagner Rosário (Controladoria-Geral da União), Braga Netto (Casa Civil), Jorge Oliveira (Secretaria-Geral). O presidente da República também já teve a doença.

PUBLICIDADE

Recomendados