PEC pretende pagar benefício mensal a crianças e jovens

Cotidiano

22 de setembro de 2020 10:00

Brasil 61


Relacionadas

Sesa divulga 1,1 mil casos novos e 14 mortes pela Covid

Plauto pede informações sobre aumento do pedágio

Governo envia à Alep projeto para extinguir Imprensa Oficial

Brasil e EUA concluem acordos para facilitar investimentos
Missão japonesa fará imagens em 8K de Marte
Portos do Paraná já receberam navios de 48 nacionalidades
Bolsonaro participa da abertura de fórum econômico
A proposta é de que os valores pagos serão inversamente proporcionais à renda familiar e maiores para crianças de até seis anos de idade. Foto: Reprodução/Brasil 61
PUBLICIDADE

A proposta é de que os valores pagos serão inversamente proporcionais à renda familiar e maiores para crianças de até seis anos de idade

O Senado Federal está com a proposta de emenda à Constituição (PEC) 34/2020 tramitando que estabelece o pagamento mensal do benefício universal infantil a partir de janeiro de 2021. A proposta é de que os valores pagos serão inversamente proporcionais à renda familiar e maiores para crianças de até seis anos de idade. O autor da proposta, o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), acredita que o esse programa social é muito importante diante da situação de crise sanitária causada pela pandemia da Covid-19.

De acordo com o texto, será permitido a integração parcial ou total com o salário-família, em casos que estarão condicionados à existência de recursos orçamentários. O texto prevê a regulamentação do benefício, que será concedido a toda família com crianças de até 14 anos. Para custear o programa, o parlamentar sugere que sejam indicadas fontes de recursos para o pagamento, a suspensão temporária da concessão do abono salarial, salário-família e da dedução por dependente do Imposto de Renda. O senador acredita que é necessário concentrar os recursos para os mais vulneráveis.

PUBLICIDADE

Recomendados