Hussein Bakri diz que invasão da APP desrespeita a Alep

Cotidiano

18 de novembro de 2020 19:11

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Prova para contratação de professores é adiada

Brasil vai testar vacina contra HIV

Boletim confirma mais 2.628 casos de Covid-19 no Paraná

Japão pode proibir veículos a gasolina em meados de 2030
Turismo de natureza é foco para a retomada do setor no Paraná
Adesão ao programa Brasil M.A.I.S já está disponível
Caixa inicia operações com recursos do Fungetur
PUBLICIDADE

Deputado e líder do Governo na Assembleia Legislativa aponta que ato não contribui com a negociação do PSS

Líder do Governo e Presidente da Comissão de Educação, o deputado Hussein Bakri (PSD) repudiou a invasão do prédio administrativo da Assembleia Legislativa por representantes da APP-Sindicato.

O parlamentar vinha articulando junto à Casa Civil e à Secretaria da Educação uma solução a respeito do edital de contratação de 4 mil professores e pedagogos via processo seletivo simplificado (PSS) para 2021. Antes mesmo do desfecho da negociação, os sindicalistas invadiram a sede do Parlamento estadual.

“Eu estava trabalhando no sentido construir um entendimento, e essa situação não contribui em nada para a negociação. É uma invasão desproporcional e desrespeitosa com o Parlamento. Tenho certeza que os deputados da oposição também não compactuam com isso. É um absurdo invadir o local de trabalho de qualquer pessoa”, afirmou Hussein Bakri.

Informações da assessoria de imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados