PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Engenheira formada pela UEPG é achada morta

Cotidiano

19 de novembro de 2020 10:30

Da Redação


Relacionadas

Indústria puxa o recorde na geração de empregos no PR

Corrida na Roça encerra inscrições dia 08 de agosto

Humai-UEPG orienta mães no aleitamento materno

Senado pode votar revogação da Lei de Segurança Nacional
Alep retoma sessões plenárias na próxima segunda-feira
Bolsonaro admite não ter provas de fraude nas eleições
Butantan entrega mais 1,2 milhão de doses da Coronavac
Marion Scheffer de Andrade Silva, de 29 anos, era engenheira na Prefeitura de Almirante Tamandaré Foto: Reprodução Facebook
PUBLICIDADE

Corpo Marion Scheffer de Andrade Silva, que estava desaparecida, foi encontrado em Campina Grande do Sul

A engenheira da prefeitura de Almirante Tamandaré, Marion Scheffer de Andrade Silva, de 29 anos, desaparecida desde o último sábado (14), foi encontrada morta na tarde dessa quarta-feira (18), em Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba. Ela tinha desaparecido junto com seu carro, um Palio Branco AVF 7993.

O corpo estava debaixo da ponte da represa do Capivari. Como o veículo dela estava abandonado na região, a própria família, junto com policiais, realizou buscas nas proximidades. Marion se formou em Engenharia Civil na Universidade Estadual de Ponta Grossa. A Polícia Civil investiga o caso. O laudo do Instituto Médico Legal apontará as causas do óbito.

As informações são do site Tamandaré Urgente

PUBLICIDADE

Recomendados